Blog Opinião| Reunião pode definir adiamento do Carnaval em Corumbá

You are currently viewing Blog Opinião| Reunião pode definir adiamento do Carnaval em Corumbá
Em Corumbá, município ainda não se pronunciou sobre realização das festividades de carnaval
  • Post author:

Corumbá (MS)- Já que o desgoverno municipal de Corumbá se cala frente a nova onda de contaminações que vem ocasionando um verdadeiro Caos na saúde municipal. Entidades diretamente envolvidas na realização do maior carnaval do Centro-Oeste devem se reunir no início da próxima semana para definir um possível adiamento do Carnaval de Corumbá.

PUBLICIDADE

A informação foi obtida pela reportagem do Folha MS com fontes ligada às entidades carnavalescas do município.

A cidade, principal destino de turistas nas festividades momesca de Mato Grosso do Sul, é a única até o momento, que não se pronunciou sobre a realização do evento, adoção de medidas ou qualquer tipo de cancelamento dos festejos, à exemplo do que já ocorreu nas principais capitais do país e também no Mato Grosso do Sul.

PUBLICIDADE

Já que o homem não tem direção, até os mais interessados na realização do evento passam a repugnar a inércia administrativa do “senhor dos comissionados”, já que, até mesmo dentro da comunidade carnavalesca de Corumbá, a realização do evento frente o avanço da pandemia não é mais uma unanimidade.

Segundo as informações, em pauta estaria a possibilidade de um adiamento, a realização do evento em uma data mais oportuna quando a situação de saúde pública estiver mais estabilizada.

As razões

Algumas informações que chegam na redação do Folha MS, podem explicar as razões da inércia administrativa que tem gerado além do caos na saúde municipal, a incerteza quanto a realização deste importante evento para o turismo e economia local.

PUBLICIDADE

O primeiro, é de que o prefeito Marcelo Iunes, sem saber mesmo o que fazer, aguarda que alguém tome a decisão por ele, no caso, o Governo do Estado.

A reunião do Prosseguir já está marcada e caso venha a cancelar os grandes eventos estaduais, seria uma forma do “prefeito do povo” sair como bom moço na história, e dizer que não lhe restou outra alternativa a não ser acatar as ordens superiores.

Isso evitaria desgaste entre os seus principais aliados, carinhosamente apelidados pela população como “os pagodeiros do Iunes”.

iunes
Marcelo Iunes e Primeira-dama em divulgação do evento do carnaval de Corumbá em Campo Grande

Outras informações são de que uma família forte na cidade, “A grande família” teria investido pesado na aquisição de um dos maiores blocos de carnaval do município.

O novo empreendimento já estaria a ponto de bala para angariar importantes recursos a que tanto prezam já no carnaval de 2022. O cancelamento do evento, nitidamente colocaria água no chope e nos planos dessa “Grande Família”.

A terceira e não menos importante razão, seria o verdadeiro palco político em que se transformaria o Carnaval corumbaense.

Com nítidas, claras e escancaradas intenções de promover sua cunhada “Ex-Secretária de Assistência Social” ao cargo de deputada estadual, o cancelamento do evento colocaria os planos para uso deste grandioso palco por “água abaixo”.

Apoio Cultural

Os patrocínios apoios culturais, impressos em praticamente 100% dos abadás, churrascos, pagodes e demais afins que rolam durante o pré-carnaval já estão inclusive, expostos para quem quiser ver, sem nenhuma censura. De onde vem tanto dinheiro para quem até pouco tempo nunca pagou um picolé para seu ninguém, iniciar um patrocinio apoio em massa, que vai de pescaria no pantanal ao carnaval, é assunto para outro blog, mas que tudo já está preparadinho, isso não é segredo, e da forma que o fazem, não se importam em tentar esconder.

*O artigo é um conteúdo de responsabilidade do autor sem expressar necessariamente a opinião do jornal 

PUBLICIDADE
gif grillinkl