Crianças são resgatadas de apartamento insalubre onde comiam ração de cachorro em Campo Grande

crianças são resgatadas
  • Autor do post:
  • Post publicado:29 de setembro de 2023

Duas crianças, de 4 e 8 anos, foram libertas de um quarto onde eram mantidas trancadas pelos pais em um apartamento no Bairro Jardim Canguru, em Campo Grande, na manhã desta sexta-feira (29). Os meninos sofriam maus-tratos e chegaram a comer ração de cachorro por falta de alimentação. Os pais foram presos em flagrante por abandono de incapaz e maus-tratos.

A situação foi descoberta por uma vizinha, que acionou a GCM (Guarda Civil Metropolitana) ao ouvir os gritos das crianças pedindo para ir ao banheiro. Os guardas foram até o local e encontraram a mãe das vítimas, de 29 anos, que tentou negar que os filhos estivessem presos. No entanto, ao entrarem no apartamento, os guardas viram o pai dos meninos, de 36 anos, e constataram as condições insalubres do imóvel.

O apartamento estava sujo, com roupas espalhadas pelo chão, cheiro de urina de animais, panelas abertas e sacos de lixo na cozinha. As crianças estavam em um quarto sem possibilidade de sair. A vizinha relatou que os meninos ficavam trancados todas as noites e só eram soltos quando os pais acordavam, geralmente tarde da manhã.

condicao insalubre
Crianças viviam em meio a sujeira e lixo dentro do apartmento

A mulher também disse que outro vizinho era quem alimentava as crianças. Elas confirmaram passarem fome e que às vezes comiam pão e ração de cachorro que encontravam no chão. Elas também contaram que a mãe saía à noite para reuniões religiosas e só voltava no outro dia.

O Conselho Tutelar foi chamado e levou as crianças para a DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), onde elas foram ouvidas. Os pais foram presos em flagrante e devem responder por abandono de incapaz e maus-tratos. As crianças ficarão sob a guarda do Conselho Tutelar até que algum familiar seja localizado ou serão encaminhadas para um abrigo.

Participe da lista VIP do WhatsApp do  FOLHA MS e receba as principais notícias no seu celular