Vereador propõe criação da “Semana do Brincar” na cidade de Corumbá

You are currently viewing Vereador propõe criação da “Semana do Brincar” na cidade de Corumbá
  • Post author:

O vereador Marcelo Araújo apresentou um Projeto de Lei esta semana na Câmara, durante sessão ordinária, que institui a “Semana do Brincar” no Calendário Oficial de Eventos do Município, que, se aprovada e sancionada, ocorrerá sempre na semana do dia 28 de maio, integrando-a as comemorações do Dia Mundial do Brincar.

PUBLICIDADE

Ao apresentar o Projeto de Lei, Marcelo explicou que a “Semana Municipal do Brincar” visa a valorização do brincar na vida das crianças, bem como o reconhecimento da ludicidade como componente da cultura e da infância.

Destacou que será importante também para o resgate de brincadeiras tradicionais como forma de preservação e recriação do patrimônio lúdico da sociedade, e o encontro intercultural e intergeracional em torno das brincadeiras.

A proposta, conforme o vereador, representa o cumprimento do artigo 31 da Convenção sobre os Direitos da Criança das Nações Unidas, reforçando que o brincar é um direito de toda a criança, como também o estímulo e apoio ao reconhecimento do brincar ao longo da vida.

PUBLICIDADE

O Projeto de Lei prevê que, durante a “Semana Municipal do Brincar”, os órgãos públicos municipais desenvolverão para seus funcionários, atividades alusivas ao brincar, entendendo que as atividades lúdicas trazem benefícios e bem-estar em todas as fases da vida e, produzem vínculos positivos, fortalecendo relações de trabalho e de amizade.

PUBLICIDADE

Prega ainda participação ativa das pastas de Educação, Assistência Social, Esporte, Meio Ambiente e de Cultura, na programação da semana, compreendendo que todas as atividades referentes ao brincar produzem efeitos no combate ao sedentarismo e à obesidade, na diminuição do consumo infantil, beneficiando vínculos positivos na comunidade e no bem-estar físico e emocional, em todas as fases da vida.

“A comemoração da ‘Semana Municipal do Brincar’ envolverá uma gama de atividades centradas em brincadeiras e jogos, cursos, palestras, oficinas, seminários e outras atividades pertinentes, e deverão ocorrer nas escolas de educação infantil, nas escolas de ensino fundamental, nas escolas de educação de jovens e adultos, nos CAPS infantil e adulto, no CRAS, nos espaços sociais e esportivos mantidos pelo Poder Público Municipal, devendo, sempre que possível, ocorrer nas praças e locais arborizados, promovendo o contato com a natureza, o combate ao sedentarismo e uma relação saudável com a cidade”, ressaltou em sua proposta.

Marcelo cita também que a semana será promovida por meio de anúncios e panfletos e, se possível, nos meios de comunicação, informando sobre o significado do brincar para a vivência da infância e para o desenvolvimento das crianças, disseminando a ideia e o reconhecimento que o brincar entre pais, mães e filhos, desenvolve vínculos saudáveis e seguros que se ampliam.

“O ato de brincar é uma prática muito associada à infância, mas alcança não somente crianças, como também os jovens e os adultos que com elas interagem, incluindo amplo espectro etário”, citou.

PUBLICIDADE

DIA MUNDIAL DO BRINCAR

A data de 28 de maio marca o Dia Mundial do Brincar, criado durante a VIII Conferência Internacional de Ludotecas, realizada em Tóquio em 1999, por iniciativa de Freda Kim, presidente da International Toy Library Association (ITLA).

No ano 2000, a data ingressou no calendário do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e, atualmente, é comemorada em mais de quarenta países.

No Brasil, a ideia de comemoração congênere começou a ser difundida por meio da Aliança pela Infância e deu origem a comemorações que se estendem, em alguns casos, por uma semana inteira, promovidas por organizações da sociedade civil.

“Diante disso, acreditamos ser oportuna a criação da Semana do Brincar no Município de Corumbá, com o objetivo de sensibilizar a sociedade sobre a importância do ato de brincar e incentivar a reunião de crianças de todas as idades e de suas famílias para a realização de brincadeiras nos espaços públicos e privados”, finalizou Marcelo Araújo.

PUBLICIDADE