Trabalho escravo no Pantanal: Dez trabalhadores são resgatados em operação da Polícia Federal

Você está visualizando atualmente Trabalho escravo no Pantanal: Dez trabalhadores são resgatados em operação da Polícia Federal
  • Autor do post:
  • Post publicado:22 de junho de 2024

Corumbá (MS)- Em uma ação conjunta entre a Polícia Federal e o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), realizada entre os dias 4 e 20 de junho, dez trabalhadores foram resgatados de condições análogas à escravidão na região do Pantanal de Corumbá em Mato Grosso do Sul. A operação, que contou com o apoio de auditores fiscais do MTE, visava combater o trabalho escravo na região e garantir os direitos dos trabalhadores.

Ao longo da ação, nove propriedades rurais foram fiscalizadas, todas localizadas em áreas de difícil acesso. Em duas delas, foram encontradas irregularidades trabalhistas e administrativas. Em uma terceira propriedade, sinais de alojamento precário para os trabalhadores chamaram a atenção das autoridades.

Trabalho Escravo no Pantanal

O ponto alto da operação foi o resgate de dez trabalhadores em uma propriedade na região do Paiaguás, no Pantanal. Estes trabalhadores estavam submetidos a condições degradantes de trabalho e moradia, além de estarem isolados em meio à mata, sem possibilidade de sair do local. A propriedade em questão já havia sido alvo de denúncias anteriores.

Diante da situação, o empregador responsável pelas propriedades fiscalizadas responderá por crime de redução a condição análoga à escravidão, além de arcar com indenizações trabalhistas e por danos morais aos trabalhadores resgatados.