Vereadora convida Agetrat a justificar mudanças no trânsito em Corumbá

Você está visualizando atualmente Vereadora convida Agetrat a justificar mudanças no trânsito em Corumbá
  • Autor do post:
  • Post publicado:19 de junho de 2024

Corumbá (MS)- Após o registro de mais um acidente, desta vez com vítima fatal nas ruas de Corumbá, a vereadora Raquel Bryk solicitou, na sessão ordinária desta terça-feira na Câmara Municipal de Corumbá,  o envio de convite à Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetrat), para que o responsável pelo setor de engenharia do órgão compareça na casa de leis.

O objetivo é para que, em data previamente comunicada, o responsável pelo setor esclareça as mudanças na sinalização e na reordenação das vias públicas existentes na área urbana da cidade, inclusive para apresentação de estudos que comprovem as necessidades das alterações ocorridas.

Segundo a parlamentar, o pedido se justifica pelas diversas reclamações recebidas pelo gabinete, em que moradores questionam as mudanças no tráfego de veículos, que segundo eles, vem acarretando inúmeros acidentes e transtornos.

Publicidade

99

Porto Esperança

A parlamentar apresentou ainda um requerimento que será encaminhado à direção da Empresa Andorinha, responsável pelo transporte intermunicipal de passageiros entre Corumbá e Campo Grande, a ampliação de pelo menos uma linha diária para atender a comunidade do Distrito de Porto Esperança.

O pedido é em atendimento a solicitações dos moradores daquele distrito localizado às margens do Rio Paraguai.

Raquel explicou que, com a implantação do pavimento asfáltico ligando a BR – 262 a Porto Esperança, a expectativa da comunidade é que a região possa ser contemplada com uma linha do transporte intermunicipal de passageiros, seja para viagens até Corumbá, ou mesmo para a Capital do Estado.

Saúde

Por outro lado, a vereadora cobrou informações da Secretaria Municipal de Saúde sobre o transporte de pacientes para atendimento fora de domicílio. No documento apresentado ontem, terça-feira, 18, a vereadora quer saber os motivos pelos quais os pacientes da Caixa de Saúde dos Servidores Públicos do MS (Cassems), estão impedidos de utilizar o ônibus da saúde para a realização de exames e consultas com especialistas que não são disponibilizados em Corumbá.