Fogo se aproxima da rodovia e prejudica tráfego na BR-262 em Corumbá

Você está visualizando atualmente Fogo se aproxima da rodovia e prejudica tráfego na BR-262 em Corumbá
  • Autor do post:
  • Post publicado:15 de junho de 2024

Corumbá (MS)- Mais um ano os incêndios que afetam a região pantaneira volta a colocar em risco o tráfego na rodovia (BR-262). A única via terrestre que liga Corumbá aos demais municípios de Mato Grosso do Sul, ficou parcialmente interditada na tarde desta sexta-feira, 14 de junho, no trecho próximo ao Assentamento São Domingos.

Um incêndio chegou as margens da rodovia, provocando uma grande quantidade de fumaça e reduzindo praticamente a zero a visibilidade no local.

Imagens registradas por pessoas que passavam pelo local no momento do fogo, registraram veículos parados no acostamento devido ao risco de prosseguir viagem com a baixa visibilidade.

Publicidade

99 tráfego na BR-262

No vídeo é possível ver que um carro que tentou atravessar a cortina de fumaça provocada pelo incêndio, desistiu no meio do caminho e retornou em segurança.

Militares do Corpo de Bombeiros foram acionados para combater e dissipar as chamas, tanto nas margens da rodovia como no Assentamento São Domingos.

Os incêndios florestais tem se intensificado nas últimas semanas no Pantanal e causado transtornos na região de Corumbá.

A grande quantidade de fumaça gerada pela queima da vegetação chega ao município, afetando drasticamente a qualidade do ar.

As condições meteorológicas não contribuem para o combate que vem sendo realizado por mais de 80 militares do Corpo de Bombeiros, brigadistas do PrevFogo e Brigada Alto Pantanal.

Previsão da meteorologia alerta ainda para um agravamento dessa condição climática que pode colocar o Pantanal novamente em uma situação semelhante, ou ainda pior, da vivenciada em 2020, quando incêndios devastaram a paisagem pantaneira, queimando grande parte do bioma e trazendo a morte de inúmeros animais.

Em novembro de 2023, um incêndio florestal na região do Pantanal, em Miranda, interditou a BR-262 por três horas, sendo necessário a utilização de aeronave air-tractor adquirido pelo governo do estado para combater incêndios florestais para apagar as chamas e posteriormente a liberação do tráfego no local em segurança.