Operação da PF em MS mira quadrilha que abasteceu América Central com 6 toneladas de cocaína

Operação da PF em MS
  • Autor do post:
  • Post publicado:15 de maio de 2024

Em uma ação conjunta e simultânea, a Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (15/5) as Operações Sordidum e Prime, visando combater uma complexa rede criminosa que atuava no tráfico internacional de drogas e armas, evasão de divisas, falsificação de documentos públicos, tortura e outros crimes.

A operação, que contou com o empenho de 273 policiais federais, abrangeu 10 estados brasileiros: Alagoas, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraíba e São Paulo, além do Mato Grosso do Sul.

As investigações, que duraram três anos, revelaram um esquema sofisticado de tráfico de drogas, com o grupo criminoso enviando cocaína para países da América Central. Estima-se que, durante esse período, pelo menos seis toneladas da droga foram transportadas.

Operação da PF em MS
Criminosos usavam empresas de fachada para lavar o dinheiro do tráfico

Para lavar dinheiro e ocultar seus bens, os criminosos utilizavam doleiros na fronteira com países vizinhos, criavam empresas de fachada, simulavam negócios e utilizavam pessoas interpostas.

Na ação desta quarta-feira, a Polícia Federal cumpriu 64 mandados de busca e apreensão, 25 mandados de prisão preventiva e 11 mandados de prisão temporária. Cerca de 90 imóveis foram sequestrados e bens e valores de cerca de 80 pessoas e empresas envolvidas foram bloqueados.

Participe da lista VIP do WhatsApp do  FOLHA MS e receba as principais notícias no seu celular