Feminicídio: mulher é morta a facadas em frente da filha na noite de natal em Corumbá

facada
  • Autor do post:
  • Post publicado:25 de dezembro de 2023

Corumbá (MS)- Um caso de feminicídio foi registrado na madrugada desta segunda-feira, 25 de dezembro, no bairro Guaicurus em Corumbá. Uma mulher identificada como Renata Duran dos Santos, de 30 anos, foi assassinada a facadas pelo seu companheiro, identificado como Francisco Jesus da Silva, também de 30 anos, na casa onde moravam, no bairro parte alta da cidade.  

Segundo o boletim de ocorrência, a filha da vítima, de oito anos, presenciou o crime e foi quem pediu socorro aos vizinhos.

O autor do crime foi preso em flagrante pela guarnição da Polícia Militar destacada para o local. Ao chegarem na casa, os policiais encontraram o indivíduo, detido em um dos cômodos, onde se entregou sem resistência, após matar a companheira com dois golpes de faca. A arma do crime, utilizada por ele, também foi apreendida.

Publicidade

99

A vítima foi encontrada caída ao lado da cama, já sem vida, pela testemunha que chamou a polícia. Ele é vizinho da vítima e relatou que ouviu gritos de socorro na rua e saiu para ver o que estava acontecendo quando se deparou com a criança desesperada, gritando “estão matando minha mãe”.

Ao entrar na casa, ele visualizou o autor, que estava com a faca na mão e a entregou em sua mão, sendo mantido no local até a chegada da Polícia.

A perícia foi acionada e compareceu a para realizar os procedimentos de praxe. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exame necroscópico. A criança que presenciou o crime, ficou aos cuidados de sua irmã mais velha, que foi chamada ao local.

O autor foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante por feminicídio, previsto no artigo 121, parágrafo 2º, inciso VI, do Código Penal. Ele apresentava um corte em um dos dedos da mão direita, que teria sido provocado durante a luta corporal com a vítima.

À Polícia, ele confessou o crime e contou que estava na calçada de sua casa com a vítima, que era sua amásia há seis meses. Em dado momento, o homem disse que a companheira começou a implicar com uma vizinha com quem ele já teve um relacionamento no passado.

Ele decidiu entrar para sua casa e a vítima foi atrás dele, continuando a questioná-lo sobre o relacionamento antigo. O homem afirmou ainda que foi deitar em seu quarto e, segundo ele, a vítima, em posse da faca, se aproximou dizendo que iria matá-lo.

Ele conseguiu desarmá-la e desferiu dois golpes nela, não sabendo precisar em que local a atingiu, ocasionando o óbito.

O caso será investigado pela Polícia Civil de Corumbá, que irá apurar as circunstâncias e a motivação do crime. O autor do crime permanece preso à disposição da Justiça.