FIEMS inicia elaboração de plano de sustentabilidade para Câmara de Corumbá

Você está visualizando atualmente FIEMS inicia elaboração de plano de sustentabilidade para Câmara de Corumbá
  • Autor do post:
  • Post publicado:1 de dezembro de 2023

O Núcleo de ESG da Fiems iniciou na quarta-feira, 29, em Corumbá, a coleta de informações para o desenvolvimento do plano de sustentabilidade da Câmara de Vereadores. A instituição, com atuação no principal município do Pantanal sul-mato-grossense, é a primeira a participar da iniciativa.

Entre os objetivos da ação, estão a implantação de práticas de sustentabilidade na gestão pública e alinhamento aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas.

Segundo a assessora do Núcleo de Sustentabilidade e ESG, Cláudia Borges, nesta primeira etapa será feito o levantamento de informações prévias e temas materiais, em que são mapeadas ações já existentes, atores envolvidos e expectativas em relação ao projeto.

Publicidade

99

“Cada entidade tem papel fundamental na constituição deste desenho para sociedade. Precisamos ter um plano para enfrentar os diversos desafios. A Câmara de Corumbá é a primeira instituição atendida e servirá de modelo em futuras adesões”, explicou.

A coleta de informações está sendo feita por meio de entrevistas com os parlamentares e servidores, na sede da instituição, visando mapear as iniciativas já existentes, como a Lei Municipal que estabelece o Junho Verde, de iniciativa dos vereadores, e o processo de implantação de placas de energia solar no prédio da Câmara.

O termo de cooperação para implantação de práticas sustentáveis no legislativo municipal foi assinado no início de novembro.

Sustentabilidade

Um dos entrevistados pelos integrantes do Núcleo de ESG foi o presidente do Poder Legislativo corumbaense, vereador Ubiratan Canhete de Campos Filho (Bira), que enfatizou a necessidade de evoluir, buscando sempre a sustentabilidade.

Lembrou que a parceria estabelecida com a FIEMS coloca o município vanguarda das ações de sustentabilidade promovidas pelo poder público em todo o Estado, conforme os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) proposto pela Organização das Nações Unidas a líderes mundiais, para que, coletivamente, a humanidade possa dissociar o crescimento econômico da pobreza, da desigualdade e das mudanças climáticas.

A expectativa do presidente é, daqui há algum tempo, “mostrar para a população que nós também estamos engajados nessa nova visão. Temos que deixar o terreno preparado para o futuro. Algumas das práticas a Câmara já está adotando que é o desenvolvimento de um projeto de energia voltaica, produção de energia limpa”, destacou.

O Programa

O Programa Câmara Corumbá Sustentável (CCS) tem como objetivo estimular a implementação de práticas sustentáveis, em consonância com a Agenda 2030 e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas.

Estão programadas capacitação, qualificação e incorporação de práticas sustentáveis e adoção de critérios ESG no âmbito das atividades da Câmara Municipal de Corumbá, em parceria com a Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio do Núcleo de Sustentabilidade e ESG da FIEMS.

O desenvolvimento socioeconômico sustentável demonstra-se cada vez mais relevante no cenário nacional atualmente, seja através da elaboração de leis, decretos e/ou parcerias, no Congresso Nacional e na Assembleia Legislativa. E nesse contexto, no município de Corumbá, não será diferente.

Para tanto, se torna essencial que os legisladores e colaboradores da Câmara Municipal sejam qualificados para acompanhar as mudanças que este cenário exige, bem como capacitados para avaliar as especificidades da região e cumprir seus objetivos previsto na Lei Orgânica do município.

O projeto, denominado Câmara Corumbá Sustentável, tem o objetivo de capacitar todo o corpo do legislativo municipal, conectando a instituição a diversas redes de apoio conceituadas nas áreas de Sustentabilidade e princípios ESG, bem como implementando práticas sustentáveis já aderidas por diversos órgãos públicos do país.

O objetivo deste trabalho é transformar a sociedade corumbaense por meio de um trabalho conjunto da Câmara Municipal, da FIEMS e de todos os atores envolvidos, de maneira a atender o disposto nos artigos 6º, 7º, 42º e 43º da Lei Orgânica do Município de Corumbá, que trata dos objetivos fundamentais e competências do Município e da Câmara.

O projeto não se limita apenas a qualificar os colaboradores da Câmara, mas também transformar a cidade de Corumbá em um local melhor para todas as partes interessadas.

A responsabilidade pela coordenação e execução do projeto está atribuída a FIEMS, que se compromete a realizar todas as ações necessárias para alcançar os objetivos e benefícios estabelecidos no planejamento e cronograma previstos. (Com informações da Assessoria de Imprensa da FIEMS)