Corumbá abre pontos de vacinação em horários alternativos

You are currently viewing Corumbá abre pontos de vacinação em horários alternativos
Pacientes deverão ter se cadastrado no site da prefeitura
  • Post author:

Nesta quinta e sexta, dias 23 e 24 de junho, a Secretaria Municipal de Saúde estará com dois pontos de vacinação abertos em horários alternativos, serão ofertadas as vacinas contra o Sarampo, Influenza e Covid-19, lembrando que está disponível a quarta dose de reforço para indivíduos a partir de 40 anos de idade, que deverá ser administrada na população após 4 meses da aplicação da terceira dose de reforço.

PUBLICIDADE

No sábado, dia 25, o Centro de saúde da Ladeira estará aberto das 8h às 17h.

Confira os pontos de vacinação:

-Centro de Saúde da Ladeira

das 7h30 às 18h30 (aberto inclusive no horário de almoço)

PUBLICIDADE

-UBSF Breno de Medeiros

das 18h às 20h

Veja os públicos:

Vacina Contra COVID-19

PUBLICIDADE

Primeira dose: pessoas acima de 5 anos

Segunda Dose:

  • -Coronavac (4 semanas após a 1ª dose)
  • -Pfizer (8 semanas após a 1ª dose)

Terceira dose:

  • -Adolescentes 12 a 17 anos – que tomaram a segunda dose contra a COVID de Pfizer ou Coronavac há mais de 4 meses
  • -Pessoas acima de 18 anos – para qualquer imunizante

Quarta Dose:

  • -Profissionais de Saúde
  • -Pessoas com imunossupressão
  • -Pessoa acima de 40 ANOS

Vacina Contra Influenza

  • Profissionais de saúde
  • Idosos acima 60+
  • Crianças de 6 meses a menores de 5 anos
  • Trabalhadores portuários, do transporte coletivo urbano de longo percurso, caminhoneiros, profissionais força de segurança e salvamento, profissionais das forças armadasHipertensos, diabéticos, obesos, gestantes, puérperas, transplantados, deficientes permanentes ou parciais, portadores de trissomias (como síndrome de down).

Vacina Contra Sarampo

Profissionais de Saúde e crianças acima de 6 meses a 4 anos 11 meses e 29 dias. (Todas as crianças devem se vacinar).

Para se vacinar basta levar o documento de identificação pessoal, cartão do SUS e carão de vacinação.

PUBLICIDADE