Governo divulga a lista dos candidatos selecionados para o programa CNH Social

You are currently viewing Governo divulga a lista dos candidatos selecionados para o programa CNH Social

O Governo do Estado, por meio do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito), divulgou nesta sexta-feira (06) a lista dos candidatos selecionados para o CNH MS Social, que vai arcar com todas as despesas para que o beneficiado possa ter acesso a sua carteira de habilitação, no total 59.723 se inscreveram no programa.

PUBLICIDADE

A lista com nomes dos selecionados de todos os municípios foi publicada no Diário Oficial do Estado (Confira a publicação). Os candidatos foram separados por região de atendimento, assim como categoria, sendo classificados conforme os critérios de desempates previstos no programa.

O Detran-MS ainda pode redistribuir as vagas entre as regiões, caso não haja preenchimento das vagas ou disponibilidade financeira e orçamentária. O candidato selecionado deve acompanhar a publicação de todos os atos do programa e devem aguardar agora a convocação para comparecimento à agência do seu município.

O início das convocações dos candidatos está previsto para ocorrer em até 60 dias após a publicação deste edital. Se na sua cidade não houver profissionais (psicólogo, médico e Centro de Formação de Condutores) disponíveis, vai ser deslocado ao município mais próximo.

PUBLICIDADE

Programa social

Mais um programa social criado para atender famílias carentes, o CNH MS Social vai beneficiar cinco mil pessoas por ano, com o pagamento integral de todos os custos no processo de carteira de habilitação, desde os gastos com autoescola, em relação as aulas práticas e teóricas, assim como os custos das taxas do Detran-MS. A expectativa é o investimento anual de R$ 15 milhões.

PUBLICIDADE

Entre os critérios para fazer parte da seleção é fazer parte do Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal. Entram no programa a habilitação nas categorias A, B ou AB, adição de categoria A ou B e mudança para as categorias C, D ou E. Não podem ser contemplados quem tiver cometido crimes na condução de veículo com sentença penal condenatória transitada em julgada, assim como aqueles que tiveram permissão para dirigir cassada.

“O Estado de Mato Grosso do Sul tem demonstrado atenção especial ao cidadão em condição de vulnerabilidade social e aos mais afetados pela pandemia da Covid-19 por meio de diversas ações e programas. O CNH MS Social caminha nessa direção, representando uma importante política pública”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE