Marquinhos oficializa pré-candidatura ao Governo e diz que fará MS “um estado melhor”

Você está visualizando atualmente Marquinhos oficializa pré-candidatura ao Governo e diz que fará MS “um estado melhor”
Pré-candidatura foi confirmada em evento do PSD
  • Autor do post:
  • Post publicado:5 de março de 2022

Campo Grande (MS)- Milhares de pessoas acompanharam na manhã deste sábado, 05 de março, o encontro estadual do Partido Social Democrata (PSD) em Campo Grande.

O evento realizado na capital do estado contou com a presença do presidente nacional da sigla Gilberto Kassab, que aproveitou a solenidade para confirmar oficialmente o atual prefeito de Campo Grande Marquinhos Trad, como pré-candidato do partido ao Governo do Estado nas eleições de 2022.

Kassab que já havia afirmado considerar Marquinho “o melhor prefeito do Brasil”, voltou a elogiar os resultados obtidos pelo prefeito à frente da Capital sul-mato-grossense.

Publicidade

99

O líder do PSD, ainda destacou que a boa administração se reflete em índices concretos que levaram o partido a decisão por apoiar a candidatura do chefe do executivo campo-grandense. “Tem bons índices, uma boa equipe e bons amigos”, disse.

kassab
Presidente nacional do PSD Gilberto Kassab participou do Encontro

Presentes no evento, o Senador Nelsinho Trad e o Deputado Federal Fábio Trad, irmãos de Marquinhos, reforçaram que Mato Grosso do Sul, será muito bem representado e que a população sul-mato-grossense saberá discernir o melhor para o estado.

Preparado

Ao discursar, Marquinhos Trad se disse preparado para o desafio de enfrentar uma disputa ao governo estadual. A decisão segundo ele, foi resultado de um trabalho que levou em consideração os anseios da população.

O prefeito também agradeceu a confiança depositada em seu nome pelo PSD, e ao apoio incondicional recebido dos amigos, familiares e esposa.

marquinhos trad 3
Partido oficializou pré-candidatura do atual prefeito da Capital

“Porque tudo que vocês assistiram foi feito por eles: secretários, secretárias, vice-prefeita, primeira-dama. Cada um deles aqui, nossos vereadores. E tudo com joelho no chão e oração. Vocês caminharam e caminharão ao nosso lado nesse novo desafio para o qual o partido está nos chamando.”

Um estado Melhor

Motivado, Marquinhos Trad afirmou que se eleito, pretende realizar uma administração voltada para todos os municípios e não apenas para o que chamou de “amigos dos amigos”.

Marquinhos disse que irá levar a experiência na gestão da maior cidade do Estado, para todos os 79 municípios do Estado com igualdade.

“Independentemente do tamanho da população, enquanto tiver um município com uma pessoa, vamos tratar com igualdade, sem ver se é de direita, de esquerda ou de centro”,

marquinhos trad 5
Marquinhos ressaltou que gestão não pode ser pensada em benefício do que chamou de “amigos dos amigos”

O pré-candidato reforçou que seguirá com o objetivo de levar ao estado, a mesma forma de governar, priorizando a austeridade, e respeito implacável a legislação, e que não haverá “toma lá, dá cá”.

Não tem e não vai ter mesmo. Como que eu vou tomar qualquer moeda daqueles que recebem um salário mínimo? Como que a gente dorme? Com que consciência? Jamais.”

Apoio

Participando do evento, o presidente municipal do PSB, vereador Carlão, ressaltou que o partido está praticamente fechado na questão de reafirmar o apoio à candidatura de Marquinhos Trad. “É quase 100% de certeza”, disse.

Carlão lembrou ainda que existe inclusive, a possibilidade do partido compor a chapa majoritária com a indicação do vice.

No mês de fevereiro, Marquinhos chegou a anunciar o convite feito para que Ricardo Ayache, atual presidente da Cassems, mas a conformação não foi dada por Ayache que à epopca disse que a decisão seria tomada apenas após ouvir o partido.

Renúncia

Para se candidatar ao cargo de chefe do executivo estadual, Marquinhos que está em seu segundo mandato à frente da Prefeitura de Campo Grande, deverá renunciar ao cargo em data máxima prevista para o dia 02 de abril. Quem assume o cargo é a vice-prefeita, Adriane Lopes (Patriota).

marquinhos trad 1
Prefeito deverá renunciar ao cargo até dia 02 de abril