Mato Grosso do sul descarta pedido de receita para imunizar crianças contra covid-19

You are currently viewing Mato Grosso do sul descarta pedido de receita para imunizar crianças contra covid-19
  • Post author:

A SES (Secretaria Estadual de Saúde) autorizou a vacinação de crianças de 5 a 11 anos de idade, acompanhadas de pais ou responsáveis, munidos de documentação, sem a necessidade de exigência de prescrição médica. Em Mato Grosso do Sul, 291.800 crianças estão aptas a receberem a vacina, que será da Pfizer e que somente deve ocorrer quando for liberada pelo Ministério da Saúde.

PUBLICIDADE

A liberação do Ministério da Saúde sobre a imunização infantil, que ainda não ocorreu e está condicionada à audiência pública sobre o tema.

A Resolução Nº 287/CIB/SES foi aprovada em reunião extraordinária da CIB (Comissão Intergestores Bipartite), hoje, grupo que reúne os 79 municípios e técnicos estaduais de MS e será publicada em Diário Oficial.

PUBLICIDADE

Segundo secretário Estadual de Saúde, Geraldo Resende, todos os pontos de vacinação deverão observar os grupos etários e o esquema vacinal aplicável no momento da administração. Será exigida documentação oficial da criança para registrar a imunização.  Pais e responsáveis deverão ter em mãos a carteira de vacinação, certidão de nascimento ou documento de identidade da criança.

A aplicação da vacina ainda não está autorizada pelo Ministério da Saúde, apenas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). “Sabemos que a vacina a ser utilizada será a da Pfizer. Porém, terá uma dosagem e composição diferentes daquela que já é utilizada para os maiores de 12 anos e que será distribuída pelo Ministério da Saúde”, disse o assessor militar da SES, Marcelo Frahia.

Segurança 

 A Anvisa aprovou o uso da Comirnaty (Pfizer / BioNTech) em crianças no dia 16 de dezembro. Desde então, o governo federal vem tentando adiar a ampliação, com a abertura de consulta popular e a realização de uma audiência pública em janeiro.

PUBLICIDADE

Pela Anvisa, foi definida que a formulação da vacina para crianças será aplicada em duas doses de 0,2 mL (equivalente a 10 microgramas, com pelo menos 21 dias de intervalo entre as doses.

A tampa do frasco da vacina virá na cor laranja, para facilitar a identificação pelas equipes de vacinação e também pelos pais, mães e cuidadores que levarão as crianças para serem vacinadas. Para os maiores de 12 anos, a vacina terá tampa na cor roxa sendo aplicada em doses de 0,3 mL.

Segundo o Ministério da Saúde, a vacina também tem esquema de conservação diferente já que pode ficar por 10 semanas em temperatura de 2º a 8ºC. A chegada do imunizante aos postos depende do calendário e da logística do (PNI/MS) Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, que coordena a distribuição das vacinas por meio de programas públicos no Brasil.

* Com informações Campo Grande News

PUBLICIDADE
gif grillinkl

Deixe um comentário