Na véspera de Natal, boletim confirma duas mortes por Covid-19 em Corumbá

You are currently viewing Na véspera de Natal, boletim confirma duas mortes por Covid-19 em Corumbá
Corpo é levado diretamente para sepultamento nesta sexta-feira em Corumbá
  • Post author:

Após um mês de relativa “tranquilidade” a Covid-19 volta a fazer vítimas fatais em Corumbá. De acordo com informações, dois óbitos foram registrados e confirmados no boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde nesta sexta-feira, 24 de dezembro.

PUBLICIDADE

As vitimas são duas mulheres, uma de 66 anos, sem nenhuma comorbidade relatada e óbito registrado no dia 11 de dezembro. E outra paciente portadora de diabetes e hipertensão, notificada no dia 17 de dezembro e óbito confirmado no dia 23.

mortes boletim
Mortes constam no boletim epidemiológico desta sexta-feira

Os novos registros elevam para 475 o número total de mortes ocasionadas pela contaminação da Covid-19 em Corumbá desde o início da pandemia.

PUBLICIDADE

Taxa de Ocupação de Leitos

O boletim traz ainda a confirmação de que 50% dos leitos de CTI, destinados exclusivamente para o tratamento de casos graves da doença, seguem ocupados na Santa Casa da cidade. Todos, segundo o informe, são mantidos em ventilação mecânica (entubados), devido a complicações respiratórias ocasionadas pelo coronavírus.

Confira a integra do boletim AQUI

boletim ocupacao
50% dos leitos de CTI seguem ocupados com casos graves da doença

Nova Variante

A circulação de uma nova variante que vem registrando uma onda de contaminações em diversos países do mundo, ascende o alerta para que a população não baixe a guarda em relação as medidas de biossegurança e distanciamento social.

PUBLICIDADE

Em diversos estados e prefeituras de cidades do Brasil, incluindo a Capital de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, já foram anunciados o cancelamento de festas com potencial de gerar uma grande aglomeração de pessoas como o Reveillon e Carnaval.

Em Corumbá, uma das cidades que mais registrou óbitos pela Covid-19 no estado, a Prefeitura até o momento não se pronunciou sobre um possível cancelamento das festas, e segue tendência contrária as recomendadas pelas autoridades sanitárias.

No início do mês de dezembro, por exemplo, a prefeitura promoveu um evento denominado “Natal Estrelado” que levou, segundo informações da própria prefeitura, cerca de 15 mil pessoas a se aglomerarem em frente da Esplanada do Ginásio Poliesportivo.

aglomeracao 1
Em plena pandemia prefeitura promove evento e aglomera mais de 15 mil pessoas em frente a esplanada do poliesportivo

Entre os presentes, o prefeito Marcelo Iunes, a primeira-dama Amanda Iunes, secretários municipais e vereadores. A grande maioria, dispensaram o uso de máscaras durante a maior parte do evento, fazendo o uso do acessório de segurança apenas como enfeite nas mãos, em desconformidade com as recomendações dos órgãos de saúde. O distanciamento social entre os presentes também não foi respeitado.

aglomeracao2
Prefeito, secretários e vereadores dispensaram o uso de máscaras durante a maior parte do evento ou utilizaram o equipamento de segurança nas mãos / Fotos: Divulgação Prefeitura

Vacinação em baixa

Seguindo o exemplo dados pelas autoridades locais na promoção de eventos com aglomeração de milhares de pessoas, em uma falsa sensação de que a cidade já vive um clima de “normalidade”, o reflexo passou a ser sentido também na baixa procura pelas doses de reforço ofertados na rede pública de saúde.

Nesta sexta-feira (24), a prefeitura divulgou nota informando que apenas 22% das pessoas vacinadas com o imunizante da Janssen, retornaram para tomar dose de reforço. O número representa mais de 20 mil pessoas que deixaram de completar o ciclo vacinal de acordo com o recomendado pelo Ministério da Saúde, aumentando ainda mais o risco de novas contaminações e o aumento da circulação do vírus na região.

PUBLICIDADE
gif grillinkl