Polícia Civil investiga servidor que movimentou mais de R$ 63 milhões

You are currently viewing Polícia Civil investiga servidor que movimentou mais de R$ 63 milhões

A Polícia Civil, por meio do Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO) deflagrou na manhã de hoje, 18/08, operação denominada “Avarum”. A ação gira em torno de servidor público estadual aposentado que operava ocultando bens e lavagem de ativos obtidos ilicitamente através de rede criminosa envolvendo empresas de fachadas e familiares para a Lavagem de Dinheiro.

Conforme investigação da Polícia Civil, este servidor movimentava mais de R$ 63 milhões, de origem duvidosa.  O termo “AVARUM” que batizou a operação do DRACCO remete exatamente ao cenário de lucro exagerado, da ganância e lucro indevido.

PUBLICIDADE

Durante a operação, foram cumpridos 07 (sete) mandados de busca e apreensão nas residências e empresas ligadas ao investigado. Além disso, foi solicitada a indisponibilidade de bens móveis, imóveis, bem como o bloqueio de contas bancárias de sete pessoas e duas empresas, todos deferidos e ordenados judicialmente pelo juízo da 4ª Vara Criminal, devidamente efetivados na presente data.

O cumprimento das medidas cautelares contou com o apoio de equipe do Grupo de Operações e Investigações, que também faz parte da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul.

Deixe um comentário