Irmãos são condenados por duplo homicídio em crime que ocorreu após discussão em saltenharia

You are currently viewing Irmãos são condenados por duplo homicídio em crime que ocorreu após discussão em saltenharia
Irmãos foram condenados em juri realizado nesta quarta-feira / Foto: Arquivo
  • Post author:
PUBLICIDADE

Corumbá (MS)- Foram condenados em julgamento realizado nesta quarta-feira (8), em Corumbá, os irmãos Paulo Rogério da Silva de 32 anos e João Pedro Mercado de 24, acusados pela morte dos também irmãos, Wilson Ribeiro de 49 anos e Johny Ribeiro Salas de 46, após uma discussão que teria iniciado em uma saltenharia localizada na rua 21 de Setembro.

O crime ocorreu na madrugada do dia 11 de março, quando os autores teriam se envolvido em uma discussão com as vítimas que trabalhavam no estabelecimento que é de propriedade da família.

PUBLICIDADE

Na época do crime, a polícia relatou que a briga teria ocorrido depois que a dupla se negou a pagar a conta e ainda teriam desferido um tapa no rosto da mãe de Johny e Wilson. Outra versão apresentada indica que uma “brincadeira” com troco, teria motivado a discussão.

Paulo e João Pedro teriam então ido até a residência e em posse de uma arma de fogo, retornado à lanchonete e feito ameaças. As vítimas, também armados, teriam então seguido a dupla em um carro Onix e um confronto ocorreu em frente a uma escola no bairro Nova Corumbá.

Wilson teria desferido golpes de faca em Paulo Rogério, que conseguiu tomar a faca das mãos de Wilson e o golpeou varias vezes. João Pedro e Johny, teriam trocado tiros e ambos foram atingidos.

O autor então teria tirado Johny de dentro do carro assumiu o volante e passado com o veículo sobre o mesmo.

PUBLICIDADE

Johny e Wilson morreram ainda no local. Os irmãos foram presos momentos após o fato e permaneceram sob custódia policial na Santa Casa de Corumbá.

Crime ocorreu na madrugada do dia 11 de março de 2018 no bairro Nova Corumbá / Foto: Arquivo CBMMS

Condenação

Após decisão do júri, Paulo Rogério foi condenado a 19 anos de prisão pelo crime de Duplo Homicídio e João Pedro, foi condenado a uma pena de 9 anos de detenção por Homicídio Simples. Ambos deverão cumprir a sentença em regime inicialmente fechado.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE