Black Friday: Lojas do Brasil e Bolívia oferecem descontos entre 20 a 50% nos produtos

Apesar dos descontos, consumidores ainda fazem pesquisas para comprar produtos ofertados pelas lojas- Fotos: Leonardo Cabral

Apesar dos descontos entre 20 a 50% nos produtos ofertados pelas lojas, o movimento ainda é pequeno para as compras durante o movimento Black Friday, que acontece hoje (13) e amanhã (14) em Corumbá. Para este ano, além do município pantaneiro, a região de fronteira, como as cidades de Porto Quijarro e Porto Suarez também participam da promoção.

Para a consumidora Marinalva Ribeiro, apesar dos descontos, o que realmente importa é pesquisar antes de levar qualquer produto para casa.

“Estou olhando primeiro e vou comparar os preços, para poder adquirir o que realmente é necessário. Vale aproveitar as promoções, já que alguns produtos mesmo com os descontos ainda para mim, estão um pouco acima do preço esperado”, diz Marinalva.

Porém há pessoas que mesmo com intensão de compra foram pegas de surpresa com o evento, como é o caso de Elizandra Barros, moradora em Ladário.

Segundo ela, veio ao Centro de Corumbá com o esposo para fazer compras, mas se deparou com as promoções. “Realmente não sabia que a partir de hoje alguns produtos estariam com descontos. Agora é aproveitar”, comentou.

“Comprei um chinelo na promoção e como estava com um desconto bom, o dinheiro que sobrou vou aproveitar para comprar uma sandália para a minha afilhada. Vou pesquisar alguns produtos mais e se tiver em conta vou levar”, fala Elizandra.

Consumidores aproveitam promoções

Já boliviana Suely Mercado, falou que estava esperando o momento para comprar. Ela veio de Santa Cruz de La Sierra para aproveitar os preços e fazer compras para toda família.

“Fiquei ansiosa tanto do lado boliviano quanto a do Brasil, estamos aproveitando bem os preços. Promoções como essas ajudam a renovar estoques e comprar produtos que realmente precisamos. Já visitei várias lojas e comprei vestuário, roupa de banho e até mesmo calçados. Por enquanto está valendo a pena”, afirma Suely.

A estimativa de lojas participantes em Corumbá é de 50 pontos comerciais oferecendo descontos, já nas cidades bolivianas são cerca de 30 lojas.

O evento, que tem como proposta fomentar ainda mais o poder de compra e aquisição na região fronteiriça entre os dois países, tem realização da Prefeitura de Corumbá, Associação Comercial de Corumbá (ACIC) e Sindicato do Comércio Varejista de Corumbá (Sindivarejo) e Câmara de Indústria, Comércio e Serviço da Província German Busch (Cainco- Bolívia).

Fronteira

Conforme Câmara de Indústria, Comércio e Serviço da Província German Busch (Cainco- Bolívia) na Bolívia, onde o Black Friday,a acontece desde ontem (12) são esperados nesses três dias de ação, aproximadamente 10 mil compradores entre bolivianos e brasileiros.

Além disso, o Black Friday ocorre juntamente com a Expo Pantanal. O evento é considerada a 3º maior feira de exposição na região que corresponde Santa Cruz de La Sierra.

Entre a programação estão previstas espetáculos; Open Bar; Fórum de discussões e Seminários a nível internacional; Encontro de Motor Show; Rodeio e Leilões; Cavalgada; feira gastronômica Brasil-Bolívia.

Ruas interditadas

Agências bancarias e concessionárias de veículos também participarão do evento em Corumbá, sendo disponibilizada tendas para esse comércio na área central da cidade no sábado (14). As ruas quais correspondem a abrangência do evento, serão todas interditadas, sendo elas: Rua Frei Mariano e Dom Aquino; Rua Delamare x Rua Antonio Maria Coelho; Rua Treze de Junho entre a XV de Novembro e Antonio Maria.

Lojas participantes estão adesivadas com o nome do movimento

Black Friday- 

É uma expressão em inglês, que significa Sexta Feira Negra. É a sexta feira depois do dia de Ação de Graças, ou Thanksgiving em inglês. Mas em Corumbá, o movimento acontece em outubro, com a pretensão de permanecer nessa mesma data, juntamente com a Bolívia nos próximos anos.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: