Marinha intensifica combate aos incêndios no Pantanal com reforço de 250 militares

Você está visualizando atualmente Marinha intensifica combate aos incêndios no Pantanal com reforço de 250 militares
Fotos: Cabo Benites e Marinheiro Gian - Marinha do Brasil
  • Autor do post:
  • Post publicado:21 de junho de 2024

Corumbá (MS)- Com o objetivo de conter o avanço das chamas e proteger o bioma, a Marinha do Brasil (MB) ampliou para 250 o número de militares envolvidos no combate aos incêndios florestais no Pantanal. A força conta agora com 150 Fuzileiros Navais, além do reforço de meios navais e aeronavais.

A Operação, conduzida pelo Comando do 6º Distrito Naval, integra ações com o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul e o Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo) do Ibama. Os militares atuam em diversas frentes, desde a vigilância e reconhecimento até o combate direto às chamas, principalmente nas margens do Rio Paraguai.

Um dos pontos críticos foi a área de adestramento do Rabicho, na Nhecolândia, onde bombeiros, Fuzileiros Navais e proprietários de fazendas uniram forças para conter a frente de fogo vinda do Paraguai Mirim. Na região do Formigueiro, à margem direita do Rio Paraguai, outras ações de combate ao fogo também foram realizadas.

Publicidade

99

Apesar dos desafios impostos pelos baixos índices pluviométricos deste ano e pela intensidade do vento, que dificulta o trabalho em terra e os sobrevoos das aeronaves, os resultados obtidos até o momento são positivos. Patrimônios históricos, parques, casas e estradas já foram preservados graças ao trabalho das equipes.