Finalista do Prêmio Puskas, jogador sul-mato-grossense vai atuar na Série A em 2024

Você está visualizando atualmente Finalista do Prêmio Puskas, jogador sul-mato-grossense vai atuar na Série A em 2024

O volante Guilherme Madruga, de 23 anos, vai para um novo clube para a temporada de 2024. Finalista do prêmio Puskas (de gol mais bonito da temporada) pela Fifa (Federação Internacional de Futebol), o campo-grandense terá o Cuiabá como casa.

Esta é a primeira vez que o atleta do Estado jogará a primeira divisão nacional. A informação da negociação foi confirmada pelo seu irmão e assessor, Gustavo Madruga. Conforme o portal GE, ele terá vínculo de quatro anos com o time mato-grossense.

Guilherme Madruga se destacou pelo Botafogo-SP na Série B do Campeonato Brasileiro deste ano. Foram 46 partidas disputadas, dois gols marcados e outras três assistências.

Publicidade

99

O principal gol do ano e indicado ao Puskas foi na Série B. O tento veio após lançamento em cobrança de lateral para grande área do time do Novorizontino e a defesa afastou. Madruga dividiu pelo alto e virou uma bicicleta de fora da grande área. A partida foi no Estádio Doutor Jorge Ismael de Biasi. A bola encobriu o goleiro Jordi.

História do atleta

O início de carreira de Guilherme começa com a influência do pai, Genildo ‘Eskerdinha’, que fez sucesso no futebol amador de Campo Grande na década de 1990. A família sempre estimulou Madruga com presentes relacionados ao esporte, como chuteira e bolas de futebol.

Ele nasceu na Capital, mas viveu a infância em São Gabriel do Oeste. Após viver com os avós por dois anos, ele se mudou pela primeira vez. O destino foi a cidade de Ipatinga, interior de Minas Gerais, para jogar na base da equipe local. Em 2023, ele jogou no Botafogo-SP.