Acidente fatal vitimou pai e filha após motorista não respeitar sinal de pare na BR-262

Você está visualizando atualmente Acidente fatal vitimou pai e filha após motorista não respeitar sinal de pare na BR-262

As vítimas do acidente com morte na BR-262 em Miranda, na manhã desta quinta-feira (28), eram pai e filha. Segundo a Polícia Civil, eles morreram na hora, após a jovem de 22 anos desrespeitar a sinalização de pare em um trecho da rodovia e ter o carro atingido por uma carreta. O homem foi identificado como Hector Fagundes, 50.

No banco de trás do veículo Volkswagen Tiguan estava uma criança de 7 anos e um bebê de 1 ano e 8 meses. A esposa de Hector, de 43 anos, também era passageira do carro. Ela foi socorrida em estado grave e transportada para a Santa Casa de Campo Grande.

O estado de saúde da criança de 7 anos também é grave. O bebê teve apenas fratura na perna e não corre risco de vida. Os dois estão internados no Hospital Regional Renato Albuquerque Filho, em Miranda. No momento do acidente, eles estavam utilizando cadeirinha.

Publicidade

99

Segundo o delegado Daniel Francisco Mercado Dantas, o acidente ocorreu após a filha do casal desrespeitar a sinalização de pare em um trecho da rodovia e ter o carro atingido por uma carreta.

A versão do motorista da carreta é que ele estava vindo na direção contrária do carro e tem um trecho que dá acesso a uma entrada para Bodoquena que tem uma placa de pare, a menina não respeitou a sinalização e o motorista acabou atingindo o carro”, disse o delegado.

O condutor da carreta foi submetido ao teste do bafômetro e o resultado deu negativo. Após a colisão, a menina perdeu o controle da direção e atingiu o guard-rail na contramão da rodovia.

O carro é de São Bento do Sul (SC), a família é de Santa Catarina e estaria em Mato Grosso do Sul a passeio. Até o momento, não se sabe o destino deles.