“Sugar Daddy” é preso por violência e extorsão contra sua “Sugar Baby” após doar dinheiro

Você está visualizando atualmente “Sugar Daddy” é preso por violência e extorsão contra sua “Sugar Baby” após doar dinheiro
  • Autor do post:
  • Post publicado:20 de outubro de 2023

Água Clara (MS) — Uma adolescente de 17 anos foi vítima de extorsão por parte de um homem de 62 anos, que lhe dava dinheiro e um cartão bancário para manter uma relação chamada “sugar”. O homem foi preso nesta quinta-feira, 19 de outubro, em Água Clara, após agredir e ameaçar a jovem devido a uma compra que ela fez no cartão dele.

Segundo a Polícia Civil, a jovem contou que o homem não era seu namorado ou companheiro, apenas um amigo que, em troca de sair com a adolescente, a ajudava financeiramente, inclusive teria fornecido a ela, seu cartão e senha para arcar com suas despesas. Ela morava sozinha com um filho de 2 anos sendo assistida pelo Conselho Tutelar.

A Polícia Civil informou que o homem ficou furioso com a jovem por gastar R$ 900,00 no cartão dele, valor acima do que ele havia combinado. Diante do fato, ele a ameaçou de morte e a agrediu fisicamente, exigindo que ela lhe devolvesse o dinheiro.

Publicidade

99 sugar daddy

O homem foi localizado e preso em flagrante pela Polícia Civil, que apura se ele cometeu outros crimes contra a adolescente. Ele responderá pelo crime de extorsão, no contexto de violência doméstica, e está à disposição da Justiça.

As relações “sugar” são uma modalidade de acordo em que um homem mais velho (sugar daddy) oferece suporte financeiro a uma mulher mais nova (sugar baby) em troca de favores sexuais ou até mesmo de uma amizade sem sexo, mas com mais intimidade.