Fotógrafo que registrou parte da história de Corumbá, Marcos Boaventura morre aos 63 anos

Você está visualizando atualmente Fotógrafo que registrou parte da história de Corumbá, Marcos Boaventura morre aos 63 anos
  • Autor do post:
  • Post publicado:15 de agosto de 2023

Corumbá (MS)- Faleceu nesta terça-feira, 15 de agosto, o repórter fotográfico Marcos Boaventura, aos 63 anos de idade.

Segundo informações de Arturo Ardaya, um dos melhores amigos do fotógrafo, Marcos morreu de ataque cardíaco fulminante. Ele foi encontrado pela sua filha que acionou o SAMU, mas o médico apenas constatou o óbito.

Marcos fez carreira como fotógrafo profissional, registrando casamentos, aniversários e boa parte, acompanhando a evolução e crescimento de Corumbá dentro da administração pública municipal onde atuou como servidor em vários governos.

Contou a história através das imagens

Dono de um arquivo pessoal de imagens gigantesco, Boaventura, apesar de aposentado, seguia planos de compartilhar os momentos históricos e mais importantes de Corumbá desde 1980.

Arturo Ardaya contou ao Folha MS que ele e Marcos Boaventura trabalhavam no projeto de uma exposição sobre Helô Urt. O projeto estava sendo pensado para Novembro, mas ambos já atuavam na formatação da exposição que contaria uma parte dos momentos mais pujantes da cultura Corumbaense.

foto marcos

“Estávamos já trabalhando neste projeto para contar um pouco, uma parte da história dessa mulher que realizou um dos trabalhos mais impressionantes da cultura corumbaense. E o Marcos possui um acervo muito grande desses momentos”, disse.

Arturo ainda enfatizou que a cidade perde uma pessoa que tinha o dom de contar a história por meio das imagens

“A cidade perde uma pessoa que tinha um olhar diferenciado, com uma sensibilidade para fotografia, sempre estava registrando os momentos mais importantes da cidade, eventos, o Pantanal Extremo, o programa Povo das Águas, os festejos de São João, nosso Carnaval, inaugurações e sempre com uma visão voltada para mostrar o que temos de melhor, era um contador de histórias por meio das suas imagens”, concluiu.

O velório do Marcos Boaventura acontece nesta terça-feira a partir das 19 horas, na capela Anjo da Paz, na Major Gama, próximo a Dom Aquino.