Acusado de furto, ex-vereador disse que pegou frasco para denunciar “vacina vencida”

You are currently viewing Acusado de furto, ex-vereador disse que pegou frasco para denunciar “vacina vencida”
  • Post author:

Após ser acusado de furtar um frasco do imunizante da Astrazenica de dentro do Centro de Saúde da Ladeira, em Corumbá, o ex-vereador Augusto do Amaral, conhecido como “Buxexa”, relatou que “pegou” o frasco para denunciar ao Ministério Público, a aplicação de vacina com prazo de validade vencida.

PUBLICIDADE

Buxexa explicou que foi até a unidade para tomar a vacina, mas que enquanto aguardava sua vez, teria visto uma pessoa passar mal logo após a aplicação. Ele teria questionado a vacinadora sobre o fato e pediu para ver o frasco.

“Notei que o prazo de validade estava vencido. Me recusei a tomar a vacina e peguei o frasco como prova para fazer uma denúncia ao Ministério Público”, afirmou.

Com prazo prorrogado, vacina levada pelo ex-vereador passou a ter validade até 30 de julho de 2022

Prazo estendido

Procurada pela Reportagem a Secretaria de Saúde informou que o posicionamento do autor não procede já que uma portaria do Ministério da Saúde, autorizada pela ANVISA publicada em Diário Oficial da União, ampliou o prazo de validade do imunizante fabricado pela Fiocruz de seis para nove meses.

A normativa foi publicada no dia 30 de março e um ofício circular encaminhado à Presidência do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) e distribuído as demais secretarias estaduais e municipais de saúde.

PUBLICIDADE

Polícia acionada

A Secretaria de Saúde ressaltou que o fato foi comunicado à autoridade policial competente já que o frasco com o imunizante foi retirado sem autorização e à força de dentro de uma unidade de saúde.

Até a publicação desta reportagem não havia boletim de ocorrência disponibilizado para consulta sobre o caso.

PUBLICIDADE