Justiça define que medidores da Energisa devem ser analisados por credenciada ao Inmetro

You are currently viewing Justiça define que medidores da Energisa devem ser analisados por credenciada ao Inmetro
  • Post author:

Os medidores coletados pela CPI da Energisa deverão ser analisados por laboratório credenciado ao Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia). A decisão foi publicada pelo STJ (Supremo Tribunal de Justiça), nesta quarta-feira (1).

PUBLICIDADE

A liminar da Energisa foi deferida e assinada pelo ministro Herman Benjamin, no DjE (Diário da Justiça Eletrônico) desta quinta-feira (2). Segundo o ministro, “a aferição de medidores sociais de energia elétrica deve ser realizada pela rede de laboratórios acreditados pelo Inmetro”.

A Justiça destaca que “a CPI foi instaurada para apurar supostos abusos praticados contra consumidores”. Vale lembrar que a empresa de energia já havia assinado documento que garante o acompanhamento da perícia.

CPI envia medidores

Acompanharão o procedimento um técnico da empresa e uma mesa móvel para fazer a aferição com os profissionais da Politécnica.

“Não vemos problemas por parte da CPI da participação da Energisa na aferição dos relógios no laboratório da POLI”, afirmou o presidente da CPI, deputado Felipe Orro (PSD).

PUBLICIDADE

Encaminhados para a Escola Politécnica da USP (Universidade de São Paulo) em 23 de maio, 200 medidores devem ser analisados. A aferição deve ter resultado publicado em cerca de 30 dias.

PUBLICIDADE