Com licitação concluída Evander destaca fim da espera de 242 anos pelo asfalto em Albuquerque

You are currently viewing Com licitação concluída Evander destaca fim da espera de 242 anos pelo asfalto em Albuquerque
  • Post author:

Um trabalho de articulação política aliada ao comprometimento do Governo do Estado em atender as demandas solicitadas pelo Deputado Evander Vendramini para região Pantaneira, colocará fim a uma espera de 242 anos, pela chegada do tão sonhado asfalto, ao acesso que liga a comunidade de Albuquerque ao entroncamento com a BR-262.

PUBLICIDADE

O resultado da licitação com investimento na ordem de R$ 14,7 milhões de reais, foi publicado na edição desta quinta-feira (19) do DOE (Diário Oficial Eletrônico). A empresa Transenge Engenharia e Construções venceu licitação da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul) para executar obras de pavimentação asfáltica das rodovias MS-432 e MS-433, em Corumbá.

A solicitação foi uma das primeiras demandas levantadas pelo Deputado Evander no primeiro ano de seu mandato frente a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Em março de 2019, Evander encaminhou ao Governo do Estado e à Secretaria de Estado de Gestão Estratégica solicitação para estudo de viabilização técnica para pavimentação do trecho da MS-432, que liga a BR-262 ao distrito de Albuquerque.

Para o parlamentar, a chegada do asfalto faz justiça a história da comunidade que foi precursora da construção de Corumbá, cidade mais antiga do Estado, além de beneficiar os moradores e toda atividade econômica que gira entorno do turismo na região.

“São praticamente 250 anos que essa comunidade aguarda a chegada do asfalto, graças a Deus, em nosso mandato conseguimos articular junto ao governo do estado esse investimento que, certamente vai trazer mais desenvolvimento e potencializar o turismo nesta região, facilitando o acesso de moradores, turistas, os produtores rurais e fazendo justiça a toda importância que Albuquerque tem na história não apenas de Corumbá como também do Mato Grosso do Sul”, enfatizou o Deputado.

PUBLICIDADE

O serviço deve ser realizado em um prazo máximo de 240 dias, e deve iniciar já nas próximas semanas quando será assinado o termo de autorização para início das obras.

PUBLICIDADE