Duas famílias têm até segunda-feira para decidir se vão adotar recém-nascida corumbaense

You are currently viewing Duas famílias têm até segunda-feira para decidir se vão adotar recém-nascida corumbaense
Foto: Divulgação
  • Post author:

A pequena recém-nascida pode estar prestes a ser adotada e duas famílias têm até segunda-feira para definirem se serão ou não pai e mãe dela. O juiz Maurício Miglioranzi, da 1ª Vara Cível de Corumbá e que cuida do caso, afirma que as duas famílias estão em “aproximação” e que terão até segunda, pelo prazo legal, para definir a adoção.

PUBLICIDADE

Caso ambas declinem, novas famílias serão acionadas, ainda dentro do SNA (Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento), ou seja, cadastradas no banco nacional e já aptas para adotarem. Isso porque, segundo o juiz, ainda há alguns casais inscritos no SNA que podem ser analisados para adotá-la.

Caso

A recém-nascida de apenas 42 dias está internada em estado crítico no Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian, em Campo Grande, e sozinha, depois que a mãe morreu dias após o parto, em Corumbá, cidade a 419 km da Capital.

A mãe biológica faleceu sem ter passado por nenhuma consulta de pré-natal e com isso, a bebê nasceu com graves problemas de saúde.

PUBLICIDADE

Atualmente, 86 crianças e adolescentes entre 0 e 18 anos estão disponíveis para adoção em Mato Grosso do Sul. Até 2 anos de idade são apenas quatro e de 2 a 6 anos, 16 crianças.

PUBLICIDADE

Serviço 

Para tentar facilitar o acesso a casais interessados, o juízo está disponibilizando também um contato via WhatsApp pelo (67) 3907-5760. Há ainda o número (67) 98462-8245 ou o e-mail: adocao.coordenadoria@tjms.jus.br.

PUBLICIDADE

Deixe um comentário