Sem mascar fumo e comendo manga de colher, peões da novela são chamados de “peonada” no Pantanal

You are currently viewing Sem mascar fumo e comendo manga de colher, peões da novela são chamados de “peonada” no Pantanal
Tadeu, Levi, Guito e Alcides são os principais peões da segunda fase de "Pantanal" - (Fotos: TV Globo)
  • Post author:

Prestes a completar um mês no ar, a novela “Pantanal” ainda vem causando certos estranhamentos para moradores da região do bioma sul-mato-grossense. Ver a cultura representada na telinha, com certas adaptações como em toda ficção, tem deixado alguns pantaneiros incomodados.

PUBLICIDADE

Um dos maiores desgostos foi ver o protagonista Zé Leôncio, ainda na primeira fase, chupando manga com uma colher. “Aqui no MS não se faz assim, os pantaneiros piram”, pontuou um leitor, nas redes sociais.

“Estou gostando, acho que falta só o cigarrinho e o masca-masca do fumo de mascar que ainda não vi e que a maioria dos peões faz. O golinho de birita antes de comer também… Mas tá bom, eu gostei, o nosso tereré também tá ótimo”, avaliou uma pantaneira em depoimento sobre a trama.

PUBLICIDADE

Para colocar o remake de “Pantanal” no ar, a TV Globo passou quatro meses com elenco e equipe em Mato Grosso do Sul. De setembro a dezembro de 2021, as gravações ocorreram na própria região pantaneira, onde os artistas tiveram contato direto com a cultura que está sendo representada.

PUBLICIDADE

Tudo isso pode parecer bobeira ou implicância, mas são detalhes que, para quem vivencia a cultura pantaneira, podem soar ofensivos, como o fato do protagonista ter feito suas refeições usando chapéu na primeira fase.

Peões mal representados?

Apesar dos “resmungos”, a novela é acompanhada com afinco não só na região do bioma, mas em Mato Grosso do Sul e em todo o Brasil. Os Sul-mato-grossenses, pantaneiros e não pantaneiros, estão vidrados com o folhetim da TV Globo. O país segue a paixão e “Pantanal” já é o maior fenômeno da Globo nos últimos 3 anos.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE