Mato Grosso do Sul deve movimentar mais de R$ 340 milhões no Dia das Mães

You are currently viewing Mato Grosso do Sul deve movimentar mais de R$ 340 milhões no Dia das Mães
Rendimento de trabalhador da Capital é 121% maior que a média estadual, diz IBGE - Álvaro Rezende/ Correio do Estado
  • Post author:

A pesquisa de intenção de compras, realizada em várias regiões do Estado, demonstrou que a população sul-mato-grossense pretende gastar mais nos presentes de dia das mães neste ano.

PUBLICIDADE

O levantamento realizado pela Fecomércio-MS (IPF/MS) e Sebrae MS revelou que 2022 será um bom ano para os comerciantes, mas que ainda é preciso cautela. A expectativa é de que o setor movimente R$ 341 milhões.

O número é 60% maior do que o analisado no mesmo período no ano anterior. A pesquisa apontou que 67,3% pretende fazer comemorações e 67,6% dos entrevistados vão presentear as mães na data.

O índice médio do valor do presente será de R$ 175,83. A categoria “artigos para vestuário” é o setor mais procurado e aparece com 26% na pesquisa. 67% das pessoas farão a compra em lojas físicas da cidade.

PUBLICIDADE

Conforme a analista técnica do Sebrae MS, Vanessa Schmidt, apesar do cenário positivo, os empresários precisam se manter cautelosos.

PUBLICIDADE

“O comerciante precisa sentir bastante o mercado, entender o seu perfil de consumidor para que a data seja um período de lucros e não de prejuízos”, ressalta.

Além disso, a técnica explica que metade dos consumidores esperam por condições especiais em compras feitas à vista e que isso será um fator decisivo na hora da aquisição.

De acordo com a economista do IPF-MS, Regiane Dedé de Oliveira, a data não só vai movimentar o comércio varejista como também o atacadista.

“A data deve proporcionar um movimento importante em supermercados, açougue e conveniências, considerando que 83,5% dos entrevistados que irão comemorar informam que vão comprar ingredientes para o preparo da refeição em casa.”, conclui.

PUBLICIDADE

Na análise, os municípios em que o índice de gasto maiores são nas cidades de Coxim e Ponta Porã, onde os gastos médios com presentes serão de R$ 191,54 e R$ 186,35, respectivamente. As regiões que apresentaram maiores investimentos com a data foram Dourados (R$ 191,85) e Corumbá (R$ 171,69).

“A gente percebe este ano um cenário mais positivo, um início de recuperação da economia, com a pandemia afetando menos os setores comerciais. A pesquisa mostra que as pessoas pretendem comemorar em casa, presenteando suas mães presencialmente, o que não foi possível nos últimos anos, em razão da pandemia, e isso volta com mais força este ano”, termina Vanessa Schmidt.

PUBLICIDADE