Ano letivo inicia nesta quinta em 204 unidades escolares de da REME de Campo Grande

Você está visualizando atualmente Ano letivo inicia nesta quinta em 204 unidades escolares de da REME de Campo Grande
  • Autor do post:
  • Post publicado:3 de março de 2022

A Rede Municipal de Ensino (Reme) inicia as aulas nesta quinta-feira (3), em todas as 204 unidades escolares de ensino fundamental e nas Escolas Municipais de Educação Infantil (Emeis). A organização para o retorno 100% presencial dos alunos incluiu ações de desinfecção e limpeza, além da acolhida aos profissionais da educação, ações de atualização pedagógica, entrega de novos conjuntos escolares, materiais de biossegurança e de mais de 332 toneladas de alimentos para a merenda escolar.

“Estamos voltando com as aulas hoje, com a parte física das escolas em dia, tudo arrumado, para receber os alunos e também os trabalhadores da educação, que atuaram para garantir esse retorno seguro. Merenda, uniforme, biossegurança, tudo certo. É só chegar e estudar”, afirmou o prefeito Marquinhos Trad.

A preparação para o retorno presencial incluiu a desinfecção de todas as escolas durante o período de férias, além da distribuição de itens de limpeza e biossegurança, 1,5 mil novos conjuntos escolares (de mesa e cadeira), e algumas unidades tiveram ações de reparos e pintura. Para receber as crianças, as equipes das escolas usaram a criatividade deixando os ambientes lúdicos.

volta as aulas cg2
Retorno às aulas presenciais seguem os critérios e medidas de biossegurança

As paredes e o chão foram decorados com pinturas interativas e brincadeiras – amarelinha é a preferida da criançada -, as salas de aula também foram preparadas, e em algumas unidades as hortas estão prontas para a participação dos alunos no plantio de hortaliças e vegetais.

“Nós observamos a dedicação das equipes de cada unidade, na preparação, limpeza, deixando tudo pronto para os alunos. É um trabalho importante e de excelência. Durante a pandemia as escolas e os profissionais da educação não pararam. E agora, no retorno presencial, vamos continuar atuando para bem atender os estudantes”, afirmou a secretária Municipal de Educação, Elza Fernandes.

Merenda

Uma das maiores logísticas para o retorno presencial das aulas da REME é a distribuição da merenda. Para atender todas as unidades urbanas e rurais, inclusive nos distritos de Anhanduí e Rochedinho, a entrega dos alimentos não perecíveis – arroz, feijão, óleo, extrato de tomate, sal, açúcar, macarrão, farinha, aveia, leite em pó, biscoitos e outros itens -, e os congelados – carne e polpas de suco -, começou em janeiro.

volta as aulas cg
140 toneladas de alimentos foram destinados para as unidades escolares da Capital

A partir de hoje (3) as escolas também vão receber os produtos perecíveis diretamente da agricultura familiar, frutas, legumes e verduras. São 140 toneladas de alimentos secos, 45 toneladas de produtos congelados e 147 toneladas de hortifrúti, garantindo merenda de qualidade e sem faltar em todas as unidades escolares da Reme.

A cada mês são preparados, pela equipe técnica de nutricionistas da Superintendência de Alimentação Escolar (SUALE), 42 cardápios diferentes da merenda escolar para  a respeitar as referências nutricionais, os hábitos alimentares, além da sazonalidade e diversificação agrícola da região na alimentação saudável adequada. Também são observadas as necessidades das crianças com alergia, intolerância e diabetes, com alimentos específicos sem glúten, lactose, entre outros. Durante o período de férias foram realizadas visitas técnicas e treinamentos para as merendeiras.

Valorização da Vida

O programa “Valorização da Vida”, da Secretaria Municipal de Educação (Semed), atendeu aproximadamente 4 mil trabalhadores da educação no período de férias escolares, por meio de vivências, acolhidas e palestras, em preparação ao retorno presencial das aulas. O “Valorização da Vida” atua na prevenção ao suicídio, automutilação, além de prestar atendimento em casos de abuso, depressão e outras doenças relacionadas. Para o retorno das aulas, o foco foi a preparação das equipes pedagógicas e administrativas, para bem receber os alunos de forma presencial desde o início do ano letivo, pela primeira vez após o início da pandemia.