Com influência de La Niña verão em MS terá chuvas irregulares e temperaturas acima da média

You are currently viewing Com influência de La Niña verão em MS terá chuvas irregulares e temperaturas acima da média
  • Post author:

O verão terá início às 12h59 do dia 21 de dezembro de 2021 e se estende até às 12h33 do dia 20 de março de 2022. A estação será com La Niña, fenômeno climático que reflete na circulação de ventos e na pressão do ar sobre o Brasil, influenciando no regime de chuvas e também na temperatura.

PUBLICIDADE

A estação é caracterizada pelas altas temperaturas e o aumento dos índices pluviométricos. “Nesta estação, os dias são mais longos que as noites em virtude da maior incidência solar em um dos hemisférios. Nessa época, podem ser observadas mudanças repentinas do tempo, ocorrendo chuvas de rápida duração, conhecidas como chuvas de verão ou convectivas. Apesar de serem rápidas, costumam ser intensas e acontecem, normalmente, no fim da tarde”, explica a coordenadora do Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima, Valesca Fernandes. 

Segundo o Cemtec, a média climatológica para o trimestre de Janeiro-Fevereiro-Março (JFM) indica que as chuvas variam entre 300 a 700 mm em Mato Grosso do Sul. Em grande parte do estado, os acumulados de chuvas variam entre 400 a 500 mm. Exceto nas regiões centro-norte e leste, onde os acumulados variam entre 500 a 700 mm, e em Ladário e Porto Murtinho que varia entre 300 a 400 mm. De acordo com os modelos analisados pelo Cemtec, as chuvas ficarão abaixo, entre 40-60%, ou dentro da média climatológica. 

PUBLICIDADE

Com relação às temperaturas, o prognóstico do meteorologista Natálio Abrahão explica que climatologicamente as temperaturas em Mato Grosso do Sul apresentam médias de 25°C a 26°C na estação. Sendo a  média das máximas em torno de 30°C a 32°C, e a média das mínimas entre 22°C a 23°C. “Para o verão 2022, são esperadas médias de dois graus acima para o mês de Janeiro, e dentro das médias para os meses de Fevereiro e Março”. 

A tendência para o verão 20222 é que as temperaturas máximas cheguem aos 36°C nas regiões leste, norte e oeste. Já as mínimas podem permanecer em torno dos 20°C a 23°C no Estado. No extremo sul, as regiões sudeste, sul e sudoeste devem ter mínimas entre 19°C a 21°C e as máximas entre 31°C a 33°C. Para a Capital são esperadas mínimas entre 19°C a 22°C e máximas entre 29°C a 32°C. 

Outro ponto que o meteorologista destaca é sobre os índices de umidade relativa do ar, pois com a ausência de chuvas, a média dos níveis de umidade ficam entre 25% a 35%. “Este ano os episódios de umidade mais baixa podem ser frequentes, não se descartando mínimas de 30%”, reforça Natálio Abrahão. 

PUBLICIDADE

Tempo firme e calor em grande parte do Estado

A previsão do Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima para a semana é de tempo firme em grande parte do Estado entre segunda (20) e quarta-feira (22) devido a atuação de uma circulação anticiclônica que favorece os movimentos subsidentes e contribui para o tempo estável.  Apenas as regiões pantaneira e centro norte tem probabilidade de chuvas de moderada a forte, e tempestades que podem vir acompanhadas de raios e rajadas de vento, devido ao aquecimento diurno, a disponibilidade de umidade e a passagem de perturbações atmosféricas na média troposfera. 

No restante da semana, a tendência é de retorno das instabilidades para o Estado. O Cemtec estima a probabilidade de chuvas de moderada a forte com tempestades isoladas com destaque para a parte norte das regiões pantaneira e leste devido a passagem de cavados, transporte de umidade e aquecimento diurno. 

Com relação às temperaturas, será uma semana de bastante calor em Mato Grosso do Sul, com valores de até 37°C na região sudoeste, 35°C na região leste, 31°C na região pantaneira,  e na capital 33°C. 

PUBLICIDADE
gif grillinkl