Cervos ficam com com galhas entrelaçadas e morrem afogados em rio no Pantanal

You are currently viewing Cervos ficam com com galhas entrelaçadas e morrem afogados em rio no Pantanal
Para a PMA, animais morreram brigando por território. (Foto: Gerson Prata)
  • Post author:

Dois Cervos do Pantanal acabaram morrendo afogados, após ficarem com as galhas entrelaçadas dentro do rio Salobra localizado na região Pantanal sul-mato-grossense.

As imagens foram registradas pelo produtor rural Gerson Prata, do Projeto Salobra, no último sábado (3), depois de se surpreender com a morte dos animais, durante um passeio na região.

PUBLICIDADE

“Estávamos fazendo um passeio no sábado quando vimos flutuando dois animais, mas com a cabeça enganchada. Achamos esquisito e chamamos a PMA [Polícia Militar Ambiental]”, conta Gerson, de 65 anos.

 Imagem incomum deixou o empresário intrigado por nunca ter visto uma situação semelhante, embora a localidade seja conhecida por se tornar um refúgio de animais silvestres de diversas espécies.

PUBLICIDADE

“Este Rio Salobra é o que sai da região do Parque Nacional da Bodoquena e cai no Pantanal. É proibido pescar, caçar, tem limitações de motor de barco, é toda uma área de conservação ambiental”, explicou à reportagem publicada pelo Campo Grande News.

Em contato com a PMA, o produtor foi orientado a arrastar os animais para a margem até a chegada dos militares. De início, Gerson pensou que os cervos pudessem ter sido mortos a tiros ou então intoxicados.

“Mas depois vimos confirmar o que desconfiávamos, os animais lutaram por território e devem ter se afogado”, completa.

Tenente-coronel da PMA, Edmilson Queiroz explicou à imprensa que provavelmente os cervos brigaram e acabaram entrelaçados entre as galhas. “Desta forma vem o cansaço, o estresse profundo e ali eles morreram afogados. Não há nenhum outro sinal de algo diferente no local, e a água contribuiu para a morte”, descreve.

Os animais voltaram ao rio, porque como explica Queiroz, “na natureza nada se perde, ocorre a cadeia alimentar e eles se transformam em alimento”.

PUBLICIDADE