Criança sofre queimaduras graves após ser deixado sozinho por avó bêbada em MS

You are currently viewing Criança sofre queimaduras graves após ser deixado sozinho por avó bêbada em MS
Criança recebeu os primeiros atendimentos na unidade de sáude do município (Foto: divulgação / Polícia Civil)

A avó de 48 anos, presa por não prestar socorro ao neto de 8 anos, que sofreu queimaduras graves durante brincadeira com álcool, disse em depoimento à polícia que não tinha obrigação de cuidar da criança. O caso aconteceu por volta das 17h de ontem (27), em Paraíso das Águas, distante 277 quilômetros de Campo Grande.

Conforme o delegado Felipe Potter, o garoto estava sob os cuidados da avó enquanto o pai trabalhava numa obra. Bêbada, a mulher chegou a dizer na delegacia que não tinha obrigação de cuidar da criança. Ela foi presa em flagrante por abandono de incapaz com resultado de lesão corporal grave, vai passar por audiência de custódia na Justiça ainda nesta manhã, para definir se poderá responder em liberdade.

PUBLICIDADE

Segundo a assessoria de imprensa da unidade, a criança deu entrada às 19h27 desta quinta-feira (28) com queimaduras de 1º e 2º graus no rosto, no tórax e no abdômen. Foram solicitados exames laboratoriais, realizada avaliação da cirurgia plástica e iniciado tratamento com antibióticos. O paciente segue estável, sob os cuidados da equipe pediátrica.

O Campo Grande News não divulgou o nome da avó, seguindo determinação do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), para não identificar a criança.

PUBLICIDADE

Caso

A Polícia Civil foi acionada por funcionários do posto de saúde informando que uma criança havia dado entrada na unidade de saúde com queimaduras.

Segundo os profissionais, o menino chegou sozinho à unidade pedindo por socorro. Os investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais), então, foram atrás dos pais, mas não conseguiu localizá-los. No decorrer das diligências, descobriram que o menino estava sob a guarda da avó.

Bêbado, ela foi encontrada na rua. Indagada, disse que seu neto estava brincando com álcool, quando acendeu um palito de fósforos e teve o corpo atingido pelas chamas. Foi um desconhecido, trabalhador de uma obra na região, que socorreu a criança ao posto de saúde do município. Devido a gravidade, ele foi transferido à Santa Casa, onde continua recebendo atendimento médico. O Conselho Tutelar foi acionado para acompanhar o caso.

PUBLICIDADE