PMA e Marinha multam e interditam construções erguidas às margens do Rio Paraguai

Você está visualizando atualmente PMA e Marinha multam e interditam construções erguidas às margens do Rio Paraguai
Construções estavam sendo erguidas às margens do Rio Paraguai / Foto: Divulgação
  • Autor do post:
  • Post publicado:5 de agosto de 2020

Corumbá (MS)- Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Corumbá, em operação conjunta com a Marinha do Brasil, nesta terça-feira (4), dois infratores, por construção de casas dentro da área protegida de matas ciliares do rio Paraguai. As equipes realizavam fiscalização fluvial no Rio Paraguai no município, próximo à área de captação de água e localizaram uma construção em alvenaria, segundo o proprietário, para residência, sem o licenciamento ambiental.

O autor de 55 anos, morador de Corumbá recebeu multa no valor de R$ 1.000 (Mil reais), e notificado a comparecer no órgão ambiental competente, para regularização.

Ainda nas proximidades, as equipes encontraram a construção de outra fundação de residência em andamento. O proprietário de 37 anos, foi igualmente autuado. O autor relatou ter derrubado a antiga fundação e estava apenas construindo uma nova no mesmo local.

A PMA interditou as atividades. As residências estavam sendo construídas em áreas consolidadas, mesmo assim, os infratores responderão por crime ambiental de construir obra potencialmente poluidora sem autorização ambiental e poderão pegar pena de detenção, de três meses a ano.

Participe da lista VIP do WhatsApp do  FOLHA MS e receba as principais notícias no seu celular