Vila Mamona abre o Esquenta Corumbá com show da bateria

Esquenta foi animado pela bateria da Vila Mamona / Foto: Clóvis Neto
Esquenta foi animado pela bateria da Vila Mamona / Foto: Clóvis Neto

A Vila Mamona foi a primeira escola de samba a se apresentar no Esquenta Corumbá, uma realização da Prefeitura, por meio da Fundação de Cultura. E a multidão que aproveitou o clima ameno do fim da tarde desse domingo, 25 de janeiro, para lotar a Ferradura do Porto Geral, não se arrependeu.

A bateria comandada pelo mestre Edinho deu um show, tocando sambas antigos da escola e outros que marcaram época nacionalmente. As passistas e o primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira deixaram a noite ainda mais animada. “É uma oportunidade muito boa pra apresentar um pouco da escola para a população”, destacou o presidente da Vila, Deilso Conde.

Esse é um dos principais objetivos da festa, conforme afirmou José Antônio Garcia, o Tanabi, que responde pela Fundação de Cultura de Corumbá. “Queremos que o público fique mais familiarizado com as escolas de sambas e conheçam um pouco mais do que elas vão levar para a avenida General Rondon”, comentou.

A presença marcante do público mostrou que isso deu certo. “Este número enorme de pessoas, tanto aqui no Esquenta quanto na escolha da Corte de Momo (no sábado), mostram que o corumbaense prestigia e valoriza o Carnaval da cidade. Não temos dúvidas que será assim em todos os eventos programados pela Prefeitura”, completou.

O próximo compromisso dos foliões começa no sábado, 31 de janeiro, com a primeira etapa do Concurso de Marchinhas, novamente no Porto Geral. Neste mesmo dia, o Baile Pré-Carnaval e o Concurso de Estandarte acontecem no Corumbaense Futebol Clube, a partir das 22 horas. No domingo a final do concurso antecede a apresentação da Império do Morro no Esquenta Corumbá.

Comentários