Prefeitura cadastra 30 carroceiros e define área para depósito de material

A partir de segunda-feira, 26, os 30 carroceiros cadastrados pela Prefeitura de Corumbá, passam a contar com um local para depositar os materiais que eles transportam
A partir de segunda-feira, 26, os 30 carroceiros cadastrados pela Prefeitura de Corumbá, passam a contar com um local para depositar os materiais que eles transportam

A partir de segunda-feira, 26, os 30 carroceiros cadastrados pela Prefeitura de Corumbá, passam a contar com um local para depositar os materiais que eles transportam, como restos de podas de árvores e entulhos. É o que informa a diretora-presidente da Fundação de Meio Ambiente do Pantanal, Luciene Deová, destacando que a regulamentação desse tipo de serviço prestado pelos trabalhadores, foi uma orientação do prefeito Paulo Duarte, evitando que eles descarreguem o material em outras áreas, especialmente em terrenos baldios.

“O certo seria eles descarregarem no aterro sanitário municipal. No entanto, devido a longa distância e para não sacrificar os animais, o prefeito nos orientou para definirmos um local mais próximo, que funcionaria como um depósito específico para os carroceiros, além de disciplinarmos este tipo de transporte na cidade. Foi o que fizemos. Já temos um local definido e a partir de segunda-feira, estes trabalhadores deverão depositar o material transportado nesta área. Lá teremos um responsável, da própria Fundação de Meio Ambiente, que vai acompanhar o trabalho”, disse Luciene.

 

A diretora informou que foram cadastradas 30 pessoas que fazem este tipo de transporte na cidade, utilizando carroças. Todos estão sendo comunicados e recebendo um croqui do local que funcionará como depósito. “A partir de segunda, todos deverão depositar lá. A própria Prefeitura fará o transporte do material para o aterro sanitário”, explicou.

A ação com os carroceiros foi iniciada em dezembro. Na época, integrantes da Fundação de Meio Ambiente, da Agência Municipal de Trânsito e das secretarias de Infraestrutura e de Assistência Social e Cidadania. O primeiro passo foi cadastrar os trabalhadores que utilizam este meio de transporte para sustentar suas famílias.

A área que servirá de depósito para os carroceiros fica no Bairro Aeroporto, na Rua República do Paraguai com a Pedro Alexandrino de Barros. Luciene in forma que, a partir de segunda, será exercida uma intensa fiscalização e quem for pego despejando material em outros locais, terrenos baldios, etc, será autuado.

Comentários