Para Ruiter, reinauguração de Santuário marca momento importante para Corumbá

Prefeito destacou que reinauguração do Santuário acontece num mês especial para Corumbá (Foto: Clóvis Neto/PMC)

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira participou da reinauguração do Santuário de Nossa Senhora Auxiliadora, na noite da quinta-feira, 14 de setembro. A igreja, localizada na rua Dom Aquino Correia, ficou fechada por aproximadamente dois meses para obras de reforma e revitalização. Todo o processo foi custeado pela Missão Salesiana de Mato Grosso. Embora não seja um prédio tombado, a revitalização foi acompanhada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

“Essa data marca dois momentos importantes, que são o mês de aniversário da nossa cidade de Corumbá, que daqui uma semana vai completar 239 anos, e a reinauguração deste Santuário. Temos que agradecer e renovar os votos e pedir que a interseção de Nossa Senhora Auxiliadora traga muita paz, muita luz e bênçãos para toda a população de Corumbá”, disse o chefe do Executivo corumbaense.

O Santuário de Nossa Senhora Auxiliadora foi inaugurado em 24 de maio de 1950. Desde a sua inauguração, o bispo de Corumbá à época, Dom Orlando Chaves, consagrou o espaço como Santuário, o que, no conceito religioso, é um local sagrado de maior abrangência territorial, para onde, por devoção, acorrem peregrinos de diversas regiões.

A partir desta sexta-feira, 15 de setembro, o Santuário terá missas celebradas diariamente às 06h e 19 horas. No domingo, serão quatro as celebrações: às 07h, 09h, 17h e 19h.

Participaram da missa que marcou a cerimônia de reinauguração o bispo diocesano de Corumbá, Dom Segismundo Martinez Álvarez; o Inspetor da Missão Salesiana de Mato Grosso, padre Gildásio Mendes dos Santos e o padre Waldomiro Bronakowski, diretor geral da comunidade salesiana de Corumbá.

Relacionadas

Comentários

Mais lidas

Sorry. No data so far.