Gasto médio do brasileiro no carnaval é de R$ 847; homens gastam mais

O gasto médio do brasileiro no carnaval deve chegar a R$ 847 segundo uma pesquisa do SPC Brasil e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas.

Entre o público masculino, a média de gastos sobe para R$ 969 reais e entre as pessoas das classes A e B, o valor supera R$ 1,1 mil.

De acordo com o estudo, o carnaval deve mobilizar mais de 72 milhões de consumidores em todas as capitais. Viagens, idas a bares e restaurantes e compras em supermercados estão entre os principais gastos na data.

Quarenta e oito por cento dos brasileiros devem realizar alguma compra ou contratação de serviços para aproveitar os dias de feriado. Outros 32% devem viajar a lazer na data e 49% planejam participar de blocos de rua.

Outras atividades comuns serão as festas em clubes ou boates, ensaios e desfiles de escola de samba e shows de trios elétricos.

Segundo a pesquisa, a maior parte dos consumidores quer desembolsar menos ou, pelo menos, o mesmo tanto do ano passado.

A metade dos entrevistados quer pagar as contas em dinheiro e a outra parte vai optar pelo cartão de débito ou parcelas no cartão de crédito.

Para quem vai dividir as despesas da viagem em prestações, a média é de seis parcelas, o que significa que o orçamento do consumidor ficará comprometido, pelo menos, até o mês de agosto.

Dois em cada dez entrevistados vão curtir o carnaval sem ter planejado o orçamento. E por causa da empolgação com a data, muitos consumidores correm o risco de ficar endividados.

Dados do levantamento apontam que 21% dos brasileiros que tiveram gastos no carnaval do ano passado terminaram a festa com o nome sujo na praça.

A pesquisa ouviu 1.211 consumidores nas 27 capitais. (Radiogência Nacional).

Comentários