Com enredo sobre a força da mulher negra Vila Mamona faz desfile surpreendente

Vila Mamona veio cantar a força da mulher negra / Fotos: Arturo Ardaya
Vila Mamona veio cantar a força da mulher negra / Fotos: Arturo Ardaya

Corumbá (MS)- Já passava das 02h30 quando a Vila Mamona, última escola de samba a passar pela Passarela do Samba, encerrando o desfile do Grupo Especial, pediu passagem com a sua comissão de frente, mostrando as Mulheres de Fibra e o Espirito Guerreiro, a Águia guerreira, símbolo da agremiação passou imponente com as suas asas, que neste ano surpreendeu abrindo e fechando as asas simulando o voo da águia guerreira. A bateria, que trouxe 110 ritmistas, representou os guerreiros que desembarcaram no Brasil como cativos.

De Xica da Silva a Dona Ivone, moradora ilustre de Corumbá, responsável em fazer a festa de São Pedro, no bairro Cervejaria, a Agremiação arrancou aplausos do público que se empolgou com os 900 integrantes divididos em 14 alas, que invadiram a Passarela do Samba, transformando-a, num verdadeiro “mar” nas cores verde, vermelho e branco que se mesclaram com o negro.
Mostrando muita organização com fantasias luxuosas e bem produzidas, a agremiação empolgou o público que prestigiou até o final a passagem da escola. Já passava das 03horas da madrugada quando o último carro da Vila Mamona cruzou a passarela do samba brindando o público que ainda permanecia nas arquibancadas e camarotes.]
Destaque para Rainha de Bateria Cartilene Diniz, mostrando muito samba no pé, conduziu com maestria a bateria pela passarela.

De acordo com a diretoria da agremiação, a escola passou por um processo de profissionalização e ao longo dos anos, vem trabalhando com mão de obra corumbaense, desde a confecção das fantasias até a elaboração do enredo e o samba apresentado, abordando a fibra da mulher negra.

Fundada em 1981, no bairro que está localizada a sua sede, a Escola de Samba Vila Mamona tem como símbolo a tão famosa Águia da Vila, que significa a altivez e a vontade de sua comunidade alçar voos cada vez mais altos, juntamente com as mãos dadas, simbolizando a união de um povo pela sua Agremiação.

O desfile foi finalizado pela Galeria da Velha Guarda- Amigos da Vila Mamona (Mulheres Negras na Politica)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Comentários