Com atendimentos no Porto Maracangalha, Programa Povo das Águas começa neste sábado

Porto Maracangalha será atendido nesta primeira edição de 2018- Fotos: Leonardo Cabral/ Folha MS

A primeira edição de 2018 do Programa Social Povo das Águas começa neste sábado, 24 de março, na região do Domingos Ramos. A equipe multidisciplinar da Prefeitura de Corumbá atenderá os ribeirinhos no Porto Maracangalha, entre às 7h30 e às 10h30.

No período da tarde, das 14h às 18 horas, o barco estará vai assistir as famílias ribeirinhas da região do Castelo e do Jatobazinho. Os atendimentos serão no Porto do Zequinha e na escola Jatobazinho, respectivamente.

No domingo os profissionais do Município estarão, pela manhã, no Porto Santa Catarina, onde estarão os ribeirinhos da região da Ilha Verde. O serviço será das 7h30 às 11h30. Já das 14h às 18 horas, o trabalhado estará concentrado na região do Paraguai Mirim, na fazenda Ilha Verde.

Na segunda-feira, dia 26, o atendimento será no Porto da Associação de Moradores do São Francisco, das 8h às 12 horas, onde estarão os ribeirinhos residentes nas regiões do São Francisco e do Mato Grande.

Dia 27, terça-feira, a equipe do Programa Povo das Águas estará na Escola Municipal Rural – Pólo São Lourenço e Extensões, onde serão assistidos os moradores da Serra do Amolar e da Barra do Rio São Lourenço. O atendimento será das 8h às 12 horas.

Na quarta-feira, dia 28, os servidores atenderão os moradores do Porto Mangueiral e do Porto Novo Horizonte, das 8h às 15 horas. Na quinta, dia 29, o atendimento chega ao Porto do Tuiuiú, Piuval e Capim Gordura, encerrando a primeira expedição de 2018.

O Povo das Águas é mantido pela Prefeitura de Corumbá e leva atendimento médico, odontológico, de enfermagem, social e educacional para as famílias que residem em regiões de difícil acesso do Pantanal de Corumbá.

Ao longo do ano serão realizadas nove viagens, com cada uma das regiões recebendo três visitas da equipe multidisciplinar da Prefeitura. A próxima ação está programada para a região do rio Taquari, no Pantanal Médio. O trabalho será desenvolvido em abril.

Em maio, é a vez do Baixo Pantanal, do Porto Formigueiro ao Forte Coimbra, receber o importante auxílio do Poder Público municipal. O trabalho é coordenado pela Secretaria Especial de Cidadania e Direitos Humanos.

Comentários