Caravana da Saúde vai atender 11 microregiões no Estado a partir de março

Começam em março as ações da “Caravana da Saúde”, o programa do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul com o objetivo de reestruturar o sistema de saúde nos pólos regionais do estado. O anuncio foi feito pelo governador Reinaldo Azambuja na tarde desta segunda-feira (23), durante sua participação no I Fórum de Integração, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo.

Serão 11 microrregiões incluídas no calendário de visita mensal da Caravana da Saúde que se estenderá até janeiro de 2015. De acordo com o governador, a realização da Caravana da Saúde contará com uma grande estrutura de profissionais e equipamentos para atender a demanda acumulada de cirurgias e exames nas microrregiões, diminuindo as filas de espera para os procedimentos.

“A Caravana da Saúde passará pelas 11 microrregiões de saúde com uma grande estrutura tanto de profissionais como de equipamentos. Além dos hospitais de cada região, serão disponibilizadas carretas especiais com estrutura médica para atender diversos procedimentos, entre eles tomografia, ressonância, ultrassom.

Nosso objetivo é diminuir as filas das cirurgias eletivas e exames que estão represados.”, destacou Reinaldo. “Hoje a saúde está municipalizada, mas não é o suficiente para suprir a demanda da saúde. A saúde é responsabilidade do estado também, por isso queremos reforçar a parceria com os municípios. As caravanas visitarão a região, mas não vamos parar com os investimentos. Faremos uma pactuação com os municípios para que a qualidade seja mantida, através de recursos para os profissionais e equipamentos de saúde”, concluiu o governador.

De acordo com o cronograma, o primeiro município a receber a Caravana será o município Coxim. As visitas continuam mensalmente nos seguintes municípios: Ponta Porã, Paranaíba, Nova Andradina, Aquidauana, Campo grande, Três Lagoas, Dourados, Corumbá, Naviraí e o município de Jardim, encerrando o cronograma de visitas.

A “Caravana da Saúde” representa a nova política pública em saúde do Governo do Estado focada na estruturação dos atendimentos visando a regionalização da saúde. Ainda segundo o governador, os investimentos em saúde se estenderão também à conclusão de obras de hospitais já iniciadas, priorizando o atendimento imediato à população. “O estado tem uma demanda enorme na saúde. Para suprir este número estamos concluindo a reforma no oitavo andar do Hospital Regional em Campo Grande e temos como prioridade a conclusão da obra do Hospital do Trauma.

A abertura deste hospital é nosso objetivo, para que possamos atender a alta demanda de acidente registrados no estado, é um compromisso que não vamos desfazer. Concluiremos também as obras do Hospital do Câncer para que o atendimento oncológico seja maior. A nossa proposta de governo está voltada para a saúde por que é a prioridade levantada pela população e vamos atendê-la mesmo que seja necessário o sacrifício de outras obras”, disse o governador.

Comentários

Mais lidas

Sorry. No data so far.