Bolívia: Explosão em Oruro deixa quatro mortos; governo não descarta atentado

Duas explosões foram registradas na cidade de Oruro, uma sábado (10) e outro nesta terça-feira (13)- Fotos: Reprodução El Deber

Uma explosão na cidade de Oruro-Bolívia, conhecida no mundo todo pelo tradicional Carnaval folclórico boliviano, acabou deixando quatro mortos e 10 feridos, na noite desta terça-feira, 13 de fevereiro. A suspeita é que o ato seja um atentado criminoso, já que no sábado (10) uma outra explosão foi registrada, uma quadra do ocorrido.

Segundo a Polícia Boliviana, para a segunda explosão, registrada na noite de ontem, mais de três quilos de dinamites foram utilizados, ocasionando assim, a morte de duas crianças, sendo um menino de quatro e outro de oito anos. Uma mulher com idade entre 40 e 45 anos e um homem aparentemente 30 a 35 anos, também acabaram perdendo a vida, conforme o El Deber.

O comandante da Polícia Boliviana, Faustino Mendoza, informou aos meios de comunicação daquele país, que 10 efetivos da Direção de Análises Criminal e Inteligência (DACI) foram enviados de La Paz, capital boliviana, até a cidade de Oruro, para ajudar nas investigações que até o momento, aponta a participação de três envolvidos que já estão apreendidos à disposição da justiça.

Já o Ministro de Defesa, Javier Zavaleta, não descartou uma ligação entre os atos criminosos que resultaram em vítimas fatais. “Não descartamos que as duas explosões tenham sido coordenadas por um mesmo grupo ou pessoas. Estamos na investigação dos dois casos e nossa Polícia está empenhada para tão logo, conseguirmos achar e prender os responsáveis”, afirmou.

Pelo Twitter, o presidente da Bolívia, Evo Morales, manifestou solidariedade às vítimas e familiares. Os feridos estão internados no Hospital Geral e Hospital Corea.

Relacionadas

Comentários