Após ensaio, Prefeitura define detalhes finais com agremiações carnavalescas

Encontro aconteceu nesta segunda-feira na sede do ILA (Foto: Marcos Boaventura)
Encontro aconteceu nesta segunda-feira na sede do ILA (Foto: Marcos Boaventura)

O prefeito Paulo Duarte se reuniu no final da tarde de ontem, 09, com a diretoria da Liga Independente das Escolas de Samba de Corumbá e com as agremiações carnavalescas, para acertar os detalhes finais visando os desfiles das escolas marcados para as noites de domingo e segunda-feira, 15 e 16, como parte do Carnaval Cultural 2015. O encontro aconteceu após o ensaio técnico do último sábado.

O encontro foi na Casa de Cultura Luís de Albuquerque e contou também com as presenças o diretor-presidente em exercício da Fundação de Cultura de Corumbá, José Antônio Garcia, Tanabi; da equipe que está organizando o carnaval, além de representantes da Liesco e das escolas de samba.

Durante a reunião o prefeito ressaltou o empenho de todos para que, mais uma vez, o carnaval corumbaense seja coroado de pleno êxito, reafirmando a sua marca de ser a maior e melhor festa de Momo do centro oeste brasileiro.

“Todos estamos empenhando em fazer o melhor carnaval dos últimos anos. Para nós, esta festa deixou de ser amadora e se para as escolas é um período de muito trabalho, para nós da administração o trabalho é dobrado. Além de ter que cuidar da cidade e dos seus problemas, estamos trabalhando para que o carnaval seja perfeito”, disse.

O prefeito citou como exemplo a ação da Prefeitura junto ao Governo do Estado para garantir a segurança da festa. Citou que a parceria estabelecida está surtindo efeito positivo e que a Polícia Militar vai disponibilizar um efetivo maior para a cidade durante a folia. Fez também um pedido às agremiações e à Liesco: “sempre procuramos trabalhar com a seriedade e transparência, desejamos que as agremiações carnavalescas façam o mesmo”.

Folião declarado, Duarte revelou que, este ano, não vai desfilar em nenhuma das 10 escolas que são responsáveis pelos grandes desfiles na cidade. “Não tem como sair em todas e, por respeito e admiração a cada uma, ficarei apenas assistindo”, disse. Mas fez um pedido: “quero vestir a camisa de cada agremiação na hora que ela passar pela Passarela do Samba. Será uma forma de homenagear cada uma das escolas”.

No encontro com as agremiações, a equipe da Fundação de Cultura aproveitou para ajustar detalhes visando os desfiles de domin go e segunda. As atribuições da Prefeitura e da Liesco, foi um dos assuntos debatidos e que a união está prevalecendo.

“O resultado dessa união resulta na realização do melhor carnaval do Estado e do centro oeste. Por isso, a partir de agora, temos que falar apenas uma linguagem, seguir uma única linha para colocarmos um belíssimo carnaval nas ruas”, disse Tanabi.

O presidente da Liesco, Waldir Padilha, detalhou aos presidentes das agremiações o cronograma de ensaio de cada uma delas com o carro de som. São dois carros, os mesmos que serão utilizados nos desfiles. “Vamos realizar um ensaio no barracão de cada uma das escolas para que elas ajustem o som, evitando problemas durante o desfile”, informou.

Comentários